OS MELHORES LOOKS DO SAG AWARDS 2018

Sem categoria
22/01/2018

Está rolando hoje mais uma premiação do cinema e da televisão, o SAG Awards 2018. O legal desta premiação é que quem escolhe os vencedores são os próprios atores e atrizes. Sempre bom ter uma perspectiva diferente com tantas premiações. Eu diria que esta edição foi um sucesso em matéria de red carpet! Foi difícil escolher apenas alguns para esta lista, porque tinha muita mulher deslumbrante hoje:

Amo Kristen Bell e por isso fiquei muito feliz que ela foi tão bela! Gosto desse modelito com cós rebaixado do seu J. Mendel. Fica muito melhor do que o vestido princesa que costuma ser mais comum – e que achata um bocado a silhueta. Assim, ficou ótimo para ela que é mignon. As cores análogas dos detalhes funcionaram muito bem juntas e para os traços dela. Adorei!

Obs: assistam a sua série The Good Place na Netflix! É muito boa!

Brie Larson com um Gucci bordado deslumbrante. Confesso que eu não sou a maior fã dessa leva recente de vestidos muito lúdicos da Gucci mas esse eu amei. Prefiro quando não tem itens muito formalistas e nesse rolou só um lacinho ali no meio, bem charmoso – e criando um ponto focal na cintura dela, que deve ser a menor de Hollywood (sempre noto a cinturinha). Na medida para mim. Além disso, achei a cor na mosca! E o toque da sombra no tom do azul fez uma simetria linda. 

Dakota Fanning dando uma aula de contraste com seu Prada clarinho. Ainda duvidam que as branquelas podem ficar mais belas com cores suaves? E achei o vestido ótimo para a faixa etária dela.

Lupita Nyong’o esculpida no seu Ralph & Russo (amor verdadeiro, amor eterno). Vestiu como uma luva! Não sei se esta é a melhor cor para ela, mas foi uma ótima ideia incluir esse véu preto translúcido para amenizar o impacto do prata. Assim o contraste funcionou melhor. Curti muito esse cabelo também.

Acho Mandy Moore tão linda que chego a suspirar. Fiquei embasbacada com ela neste Ralph Lauren azul cobalto. Ela é um mulherão linda e com um corpo indefectível, achei uma ótima ideia colocar um vestido de corte minimalista e deixar só uma pitada de cor e brilho serem o destaque. Depois vi de costas na TV e está ainda mais embasbacante. Acho que essa é a cor dela? Não. Mas o resto funcionou tão bem que esqueci da cor.  

Obs: This is Us é uma das melhores e mais lindas séries que eu já vi e tem um monte de Mandy Moore lá!

Falando em beleza, o que dizer de Margot Robbie? Deus deve ter se aposentado depois dela. Na verdade acho que esta foto não foi a melhor para mostrar seu Miu Miu cor de rosinha, só que foi a melhor que consegui por enquanto. Mas olha como o contraste ficou bom! E não é que as plumas estão com tudo mesmo?

Rosinha foi uma cor presente hoje… Uma das adeptas foi Millie Bobby Brown – que finalmente foi vestida como criança para o SAG Awards 2018. Só por isso coloquei ela aqui, rs. E adorei o All Star!

Yara Shahidi num macacão com cauda Ralph Lauren. Achei tão linda que fingi que não vi a bainha longa ali embaixo. Adorei o cabelo e o batom complementando o contraste.

Saoirse Ronan num rosa muito bom para ela deste Louis Vuitton. A modelagem não fica atrás. O cinto é polêmico, mas acho que ficou mais descolado assim e revelou uma cinturinha também.

Vanessa Kirby foi com um dos meus favoritos do Sag Awards 2018: este Valentino regatinha de modelagem clean mas detalhadamente bordado. Não é maravilhoso? Amei a cor para o contraste dela e o batom fazendo simetria com as flores do vestido. O cabelo é meio questionável, eu sei. Mas acho legal essa coisa mais displicente fazendo um contraponto com o vestido romântico.

Obs: ela fica linda morena e meio rebelde em The Crown.

A rainha Reese Witherspoon (ela foi promovida ao título depois de Big Little Lies – assistam e concordem comigo) de ninguém menos que Zac Posen, o rei da modelagem. Não acho que é a melhor cor do mundo para ela, ficou muito escuro. Mas vai dizer que não vestiu como uma luva? E adorei as esmeraldas casando com o vestido.

Foi difícil hoje, porque gostei de várias, rs. Sentiram falta de alguém? Quais são suas favoritas do SAG Awards 2018?

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

OS MELHORES LOOKS DO GOLDEN GLOBE 2018
OS MELHORES DO EMMY 2017 E SUAS TÉCNICAS
DESTAQUES DO RED CARPET DO VMA 2017
6 ÊXITOS DO MET GALA E O QUE APRENDER COM ELES

TENDÊNCIA :: O GLOSS E VOCÊ

Beleza
20/01/2018

Não é novidade nenhuma que o gloss anda recuperando seu status do passado nos últimos anos. Se foi febre há 20 anos, a nossa moda, que é cíclica, alguma hora ia trazer isso de volta. Quando começou a se falar nisso há uns dois anos, confesso que ainda não estava preparada para encarar mais momentos de cabelo grudando na minha boca ao menor sinal de vento… Mas acho que ninguém estava pronto ainda, rs. O batom matte era rei ainda em 2016. Hoje, já dá para ver que a resistência ao gloss vem diminuindo. Até eu estou mais entusiasmada com o danado. É tendência? É! Mas e você com isso?

Essa pergunta que eu faço é sempre para a gente refletir se cabe mesmo incorporar certas tendências nas nossas vidas ou se é melhor deixar passar. Claro que, nos fim das contas, cada um faz o que quer com sua própria face, né? Mas eu sempre gosto de trazer uns argumentos aqui, rs. O primeiro de todos e mais importante: sua coloração. O gloss, apesar de existir em mil versões, não é exatamente democrático. O brilho favorece mais pessoas de cartela de cores vivas, ou seja, as Primaveras e os Invernos (não sabe do que eu estou falando? Leia o post sobre Análise Cromática). Mas se você é de Verão ou Outono precisa sair correndo? Não, mas vale ter um pouquinho de cautela sim. Já para quem é de característica predominante opaca é melhor ficar só no lip balm, se possível, rs. Sobretudo porque a tendência de agora não é exatamente discreta….

Efeito vinil

Se na virada do milênio o ápice era o gloss transparente e até um pouco cintilante, hoje acho que se trata mais de um efeito de vinil. Ou seja, a cor entrou na jogada. Eu já tive um batom YSL (vinyl lip stain, se não me engano) que usei até a última gota. A proposta era exatamente essa: um gloss que colore, dando um efeito vinílico. Ou seja, nada discreto. O que não quer dizer que seja ruim. Mas vale avaliar se entra na sua coloração e também no seu estilo. Dito isso, acho que pode render umas boas ideias de make:

Para quem recebe bem o brilho, pode ser o melhor tipo de batom nude. Ótimo para coordenar com um olho mais carregado ou de cores escuras

Outra sugestão é fazer um combo com sombra colorida. Mas nada muito infantil, claro. Tons mais sóbrios como o oliva, o vinho, o roxo… Mas que apesar de mais discretos que um azulão, ainda são coloridos. Aliás, amei essa make da Rachel McAdams que ressaltou os amarelos do olho dela com a cor complementar.

Para quem acha o batom escuro muito gótico, acho que o gloss ajuda a quebrar essa impressão.

Pode ser um nude para negras também, dependendo da cor do gloss. 

Eu ainda acho o gloss pigmentado bege ou champanhe uma coisa meio anos 2000 demais. No entanto, tenho que reconhecer que ele faz um bocão lindo, principalmente se tiver cintilância. Acho que, se usado com parcimônia, na cor certa, pode ficar bem elegante. 

Pode rolar também um efeito ombré com o gloss concentrado no centro da boca, que ainda dá volume.

Ou ainda, um look natural clássico também, por que não?

Confesso que ainda não mergulhei muito nessa tendência mas prometo que vou me desafiar. Vocês sabem o quanto eu sou do time do batom colorido… Quem sabe não arrisco num colorido vinil? Vocês gostam?

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

TENDÊNCIA :: BRINCOS DE BOLAS
VAPOR BLUE :: A COR DE 2018?
QUÃO IMPORTANTE É A MAQUIAGEM PARA O SEU CONTRASTE?
10 MAKES PARA INSPIRAR SEU FDS :: PELE FRIA OU QUENTE

SE ESSE CABELO FOSSE MEU :: PRÍNCIPE WILLIAM

Beleza
19/01/2018

Esse blog é voltado para mulheres e pensado para mulheres. Desculpa audiência masculina, rs. Mas, dito isso, hoje vou abrir uma brecha para comentar um corte que eu muito aguardei: o corte do Príncipe William. Finalmente o bendito passou a máquina no cabelo e assumiu a careca de uma vez por todas… 

Antes

Depois

Eu não sei se é realmente “dos carecas que elas gostam mais”. Não posso falar por todo o nosso gênero, mas eu definitivamente prefiro os carecas quando a alternativa é um pseudo-cabelo. Aquela amostra grátis capilar é muito pior que a cabeça limpa. A careca por si só não torna o cara pouco atraente. Pergunte a Zidane, Idris Elba, Jason Statham, Tyrese Gibson… The Rock foi eleito o mais sexy pela People em 2016 e eu nunca vi um fio de cabelo na cabeça dele. Por outro lado eu duvido que isso teria acontecido se o Dwayne fizesse como alguns rapazes e conservasse 7 fios de cabelo na tentativa de driblar a máquina. 

Mil vezes um homem com careca lisa do que parcialmente calvo. O cabelo muito escasso envelhece muito mais do que a cabeça raspada. E não sou só eu que acho isso não… Este estudo da Universidade da Pensilvânia mostrou que homens carecas são tidos como mais atraentes, dominantes e fortes do que os de cabelo ralo. Pense Bruce Willys! Por isso, fiquei muito satisfeita com a mudança do Príncipe William, que demorou um pouco a encarar o corte. E vai dizer que não ficou muito melhor? Rola até uma barba depois, se ele quiser experimentar.

#Toscoshop

Se eu pudesse sugerir uma melhoria, seria raspar ainda mais ali na lateral. Deixar sem nada mesmo. Acredito que vai ser um upgrade ainda maior. Fica mais limpo e jovem também, eu diria. Se você é homem e chegou neste post por acaso, fica a minha sugestão. Se você é mulher e conseguiu ler até aqui, pode encaminhar a sugestão para seus parentes, cônjuge e amigos homens que estejam precisando desta pequena mudança… Quem concorda comigo?

Beijos,

gabi