O CINTO É UMA FACA DE DOIS GUMES

Consultoria de Imagem
08/08/2016

Ou dois legumes… Se vocês é da geração Mamonas Assassinas. O cinto é uma figura ambivalente na consultoria de imagem. Aliás, no meu armário também. Houve um tempo em que eu comprava cintos sem parar. Acessórios são o meu fraco e esses são super fáceis de experimentar e levar, rs. Apesar disso, não usava tanto assim. Algo me incomodava. Na minha última grande limpa no armário, descartei quase todos! 

 cintos

Marcar a cintura é sempre um ótimo recurso para valorizar a silhueta. Mas será que o cinto é a melhor maneira de fazê-lo? Sim e não. Na consultoria, a gente lida com a noção do ponto focal: qualquer elemento que atraia o olhar na sua produção. Pode ser um colar, um bordado, uma estampa localizada… Aquilo que se destaca e o olho vai notar primeiro. O cinto pode se tornar um ponto focal importante na produção, sobretudo se a cor for destoante, se tiver aplicações, estampas ou texturas.

 cinto

E qual o risco que isso traz? Depende do tipo físico e do que queremos ressaltar ou ocultar. Quem tem muita barriga, por exemplo, e coloca um cinto na região pode estar chamando atenção para algo que não é necessariamente seu ponto forte. Sem contar que pode cortar a silhueta… Vale mais deixar o protagonismo para as pernas, colo ou rosto, o que tiver de melhor. Por outro lado, quem tem cintura marcada, pode valorizar a área atraindo o olhar para esse atributo. Usar o cinto também ajuda a tirar a atenção do que você quer atenuar. Marcando a cintura com um belo cinto você pode estar tirando o destaque do quadril, por exemplo, se esta for a sua intenção.  

cinto como usar cintos 1

Aqui, o cinto foi uma cilada.

É por isso que eu, que sou triângulo, só uso o acessório na versão “cintura alta“ou abaixo do peito, onde sou menor. Como tenho quadrilzão e uma cintura não tão “ão”, às vezes aproveito para destacar a área mais benevolente, rs. Só tomo cuidado para não denunciar a pochete (que eu tenho à beça). Mas para quem gostaria de marcar a cintura sem destacá-la (como corpo oval e retângulo), quais as melhores ferramentas? Minhas sugestões são simples: 

1) Drapeado

drapeado

2) Corte envelope

cintos como usar wrap dress

3) Cinto camuflado

cinto como usar cintos 2

O drapeado é maravilhoso para todo mundo. Além de criar um efeito de ilusão de ótica de “redução” ali na área do tronco, não marca tanto os pneuzinhos. Adoro! Queria ver mais drapeado sendo vendido por aí. O vestido envelope é um dos grandes clássicos da moda (obrigada Diane Von Furstenberg) e uma das melhores modelagens para qualquer pessoa. Cria um efeito similar ao do drapeado. Se sua loja tem modelos assim, me deixa um comentário aqui, porque eu vou querer conhecer. E enfim, o cinto, na sua melhor versão: camuflado! Basta optar por um modelo na cor da roupa ou de tom próximo, ou de estampa parecida. O importante é que ele não se torne um ponto focal, caso você queira disfarçar a área da cintura. 

Claro que, novamente, estes são apenas recursos – e jamais regras. O que eu mais sonho é que todas se sintam bem com seus corpos e a minha abordagem para isso é o “vestir estratégico“. Foi algo que funcionou bem para mim. De resto, usem e abusem de tudo o que gostarem e o que trouxer felicidade. De qualquer forma, as dicas aqui servem para tomar uma decisão mais informada, rs. 

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

O CÃO É O MELHOR AMIGO DO HOMEM. O DRAPEADO, O DA MULHER
PROGRAMAS DE TRANFORMAÇÃO X CONSULTORIA DE IMAGEM
O CORTE DE CABELO QUE MUDOU A MINHA VIDA – E A SUA
BRITNEY SPEARS E A SUPERAÇÃO DO TRIÂNGULO INVERTIDO
  1. Samira Em 10/08/2016

    Super esclarecedor! Agora entendi porque as vezes eu brigo com os cintos, ainda mais se for no cós de uma calça cintura mais baixa. Parabéns pelo blog e post. beijos


    Responder

    • Gabriela Ganem Em 06/09/2016

      Pois é… Eu tinha um monte de cintos e me desfiz da maioria por isso, rs.
      Não me faziam muitos favores. 😛
      Beijos,
      Gabi


      Responder

  2. Pingback: OS LOOKS DO GLAMOUR WOMEN OF THE YEAR 2016