CHEGA DE “MIMIMI”

Comportamento
07/11/2016

Estava tudo bem enquanto o “mimimi” era apenas para repreender reclamações bobas e injustificadas. Uma expressão certeira para reprovar reclamações frívolas e, quem sabe, até fazer a pessoa enxergar que a situação talvez não seja tão grave quanto parece. O problema é que acabou banalizado. Hoje qualquer queixa é minimizada por esta colocação – inclusive as legítimas. Por isso hoje este “mi” ao cubo consegue me aborrecer profundamente…

mimimi  

A gente sabe que essa palavrinha já causou muito furdunço por aí. Lembram da campanha para o remédio de cólicas? Isso porque a expressão, que começou apenas engraçada, está esbarrando na falta de respeito. Parece dramático colocar desta forma, mas não é. Se eu estou debatendo uma questão séria, relevante para mim, e meu interlocutor classifica de “mimimi” vou me sentir ultrajada. Se é um tópico sensível para quem fala, chamar assim é de uma enorme insensibilidade.

520abf797a3279fcd5000001

Eu raramente caio na cilada de debater minorias com quem não o é e não reconhece estas questões. Mas às vezes acontece. Estou farta de abordar o machismo, o racismo, homofobia e afins e ouvir meus argumentos serem reduzidos a “mimimi”. Falta muita empatia neste mundo, como bem sabemos. Mas se tem um lugar onde a falta de empatia esbarra no desrespeito, é nesta expressãozinha maligna.

Às vezes se trata até de um problema particular de alguém, que outro já reduz a nada. Uma queixa de cansaço, de estresse, de dor, de tristeza… Ninguém conhece a dor do outro. Pode ser maior do que você imagina. Então antes de rotular de “frescura”, vamos largar um pouco do martelo do tribunal e parar para ouvir? Tentar entender?

image02

Mas isso não quer dizer que seja proibido falar “mimimi”. Veja alguns empregos bastante aceitáveis:

• Uma pessoa reclama que as bolinhas do seu caviar não estão homogêneas.
• Uma pessoa reclama que o mar do caribe não está azul o suficiente.
• Gisele Bündchen reclama de uma ponta dupla em seu cabelo.
• Luciano Huck reclama que o limite de seu Itaucard está baixo.

d6b8d680-2fd0-0133-4755-0a2ca390b447

Para mim, isto é a definição de mimimi: queixas evidentemente frívolas. Um bom momento para situar o queixante de que seu problema não é o fim do mundo, rs. De resto, seja solidário. Você pode não entender o que a pessoa passa ou está passando, mas não precisa julgar. Aliás, especialmente se você não entende ou nunca sentiu na pele.

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

O VALOR DA AMIZADE FEMININA

O SORRISO DA CONQUISTA

Comportamento
28/10/2016

O título é brega, eu sei, mas a informação procede! E se eu te dissesse que existe um sorriso ideal para quem está querendo arrumar um parceiro? Você pode não estar procurando ninguém também, mas é sempre bom saber, rs. Um aplicativo de relacionamentos coletou dados sobre a preferência de seus usuários e chegou no resultado do sorriso irresistível:

screen-shot-2016sorriso10-28-at-5-56-52-pm

Parece bobagem, mas pelo que os dados indicam, as mulheres mais apreciadas são aquelas que aparecem sorrindo com a cabeça viradinha. Dentre as moças que são “curtidas” mais que 50% das vezes, 71% destas estão com este combo de sorriso + rosto torto. A pesquisa investigou o comportamento de 300 casais do aplicativo e chegou neste dígito impressionante. Não pode ser apenas coincidência, rs… 

sorriso

A verdade é que, cognitivamente, esse tipo de sorriso passa uma imagem amigável, mais sedutora e menos ameaçadora. É mais convidativo do que um rosto que encara de frente ou que não sorri de forma nenhuma. O resultado é ainda melhor se você sorrir com os dentes à mostra. Curiosamente, fotos de mulheres rindo ou gargalhando não são tão bem recebidas – são apenas 2% desta amostragem. Uma expressão natural é a mais bem recebida pelos rapazes. Você decide se vai usar isto a seu favor ou não. 

screen-shot-2016-10-28-at-5-58-38-pm

A pesquisa não revelou dados sobre as fotos dos homens. Talvez a gente não esteja tão sujeita a um padrão, rs. Mas hoje é sexta… Pode ser um bom momento para descobrir esta informação. Só cuidado para não revelar que é mais inteligente que seu pretendente. Esta semana também saiu uma outra pesquisa mostrando que homens dizem que preferem as mulheres inteligentes, mas que eles na verdade não preferem. Eles querem uma mulher inteligente até ter que conversar com uma – ela diz enquanto revira os olhos. Mas isso é assunto para outra pauta mais inflamada.

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

A BELEZA MUDOU

10 DICAS DE ORGANIZAÇÃO DA MICAELA GÓES

Comportamento
22/10/2016

Organização
Como virginiana, é apenas natural que eu me sinta atraída pelo programa Santa Ajuda do GNT. Sinto até um vigor depois de assistir à bagunça virando ordem! Por isso, adorei o convite que recebi do canal: participar de um curso na Perestroika com a própria Micaela Góes sobre Organizaçãoterapia. A Consultoria de Imagem e a organização são uma espécie de primos de segundo grau. Têm muita coisa em comum. Aprendi um bocado e anotei muita coisa, dentre elas, 10 dicas de ouro da Micaela para a arrumação (algumas com contribuição de interpretação pessoal, rs):

  screen-shot-2016-10-20-at-3-38-46-am

1) Descarte tudo o que não precisa. Divida suas coisas em 3 grupos: o que vai manter, o que vai doar e o que vai para o lixo. Quem assiste ao programa, já sabe como é. 

2) Fazer listas com objetivos e tarefas. A Micaela é uma ninja das listas, com escala de prioridade e por departamentos. Eu adoro uma listinha, mas as escrevo em qualquer lugar e acabo perdendo algumas depois. O segredo é ter um só caderno, que pode ser segmentado como você quiser. Dá para usar cores ou até marcadores tipo post-it. 

3) Torne a tarefa de organização divertida: música, roupa confortável… Quando li a Marie Kondo, ela dizia para não usar música, porque te distrai da tarefa. Esta foi a única regra da japonesa que eu rejeitei por completo. Um som ligado é prerrogativa para arrumar, no meu caso. 

bccc54ced736f3cbd82489a70ddc05e9

4) Comece e termine o que começou. Definitivamente a mais difícil, a meu ver. O importante é ir com o pé direito: estabelecer objetivos realistas e factíveis. Assim você não assume mais do que pode cumprir e não se frustra. 

5) Encontre o lugar certo para cada coisa. A cozinha é onde você mais usa a tesoura? Então é lá que ela deve ficar. No meu caso, tenho 5 tesouras em casa, cada uma com seu devido lugar. Recomendo! Tem muita demanda para elas, rs. 

6) Guardar no lugar mais intuitivo. Caso você esqueça onde botou, onde vai ser o primeiro lugar que você vai procurar? Talvez este seja o melhor espaço. 

img_3921

7) Comece “de fora para dentro”. Inicialmente, parta para o que está mais visível, a bagunça mais evidente e aparente. Só depois arrume caixas e gavetas – coisa que você pode fazer sentada, vendo TV. Experiência própria!

8) Coloque as coisas de volta. Por que é tão difícil botarmos as coisas de onde as tiramos? Eu tenho uma dificuldade enorme com isso. Vou ter que trabalhar nesta parte…

9) Não deixe a bagunça acumular. Arrume um pouquinho todo dia, assim não vai se tornar uma missão a cada vez. 

10) Simplifique, acumule menos, compre menos. Isso eu já faço com louvor, por conta do meu trabalho e ainda mais depois que li a Marie Kondo. Posso testemunhar que a vida melhora muito fazendo escolhas melhores e mais sensatas de consumo. Só falta conseguir levar esta parte para a comida, rs. 

Adorei aprender mais sobre organização com a Micaela Góes e obrigada ao GNT pelo convite. E quem tiver mais dicas de organização, por favor, divida com o grupo! Sempre são muito bem-vindas. 

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

UM VÍRUS NO SEU ARMÁRIO: OS SAQUINHOS