UMA AULA SOBRE PRETO NO CRITIC’S CHOICE AWARDS

Consultoria de Imagem
13/12/2016

Rolou ontem o Critic’s Choice Awards 2017. Soa estranho, visto que ainda estamos em 2016, mas o povo de Hollywood parece estar ansioso por 2017 a este ponto. Já foi um red carpet daqueles, com direito a longos bem elaborados. Tem uma seleção bem abrangente no Fashionismo. Recomendo! Desta vez resolvi não comentar cada look, mas sim aproveitar a ocasião para fazer uma análise em torno do preto. Isso mesmo, a cor preta.

screen-shot-2016-12-12-at-12-23-47-pm

Emma Stone de Roland Mouret

screen-shot-2016-12-12-at-12-26-58-pm

Nicole Kidman de Brandon Maxwell

screen-shot-2016-12-12-at-12-29-18-pm

Naomie Harris num vestido belíssimo Stella McCartney – amei!

screen-shot-2016-12-12-at-12-53-16-pm

Emmy Rossum, que arrasou num look aqui outro dia, me decepcionou com este Giorgio Armani deformador de silhueta, rs. 

Mais alguém notou que o preto se tornou um dos maiores hits recentes do tapete vermelho? Foram mais que apenas esses das imagens no dia de ontem. Eu acho que a cor está tendo um grande retorno ao red carpet. Eu prefiro os coloridos, mas aceito qualquer tom, contanto que o vestido seja lindo, rs. O curioso é que todo mundo acredita naquela velha máxima: não tem como errar com um pretinho básico. E não é que seja um erro, mas o preto não é exatamente tão generoso quanto se sugere. Ele emagrece? É verdade. Mas isso não é tudo, sobretudo em Hollywood, onde a maioria vive de alface, água e fotossíntese…

contraste-preto

O preto pode parecer um curingão, mas do ponto de vista cromático, não é bem assim. Sim, estou falando mais uma vez do contraste! Observem Nicole Kidman, Emma Stone, Emmy Rossum e Naomi Harris. Mulheres diferentes, com a mesma cor e resultados bem distintos. Nicole tem cabelos platinados, pele alva e olhos azuis, portanto, tem baixo contraste já que tudo é quase da mesma cor. Emma é parecida, com a exceção do cabelo e sobrancelhas, que estão mais escuros, o que eleva um pouco seu contraste. Emmy é a de maior contraste, com cabelo e olhos escuros e pele bem clara. Já Naomi Harris também é baixo contraste, só que invertido ao de Nicole. Quem vocês acham que acertou no preto?

Como sempre digo, tudo é relativo! Por isso, a cor funciona bem em Emmy e Naomi. As duas têm contrastes opostos, mas também têm peles em extremos diferentes. Sendo assim, a cor escura faz o contraponto necessário para Emmy Rossum e não o faz para Naomi Harris, que dispensa esse efeito. Conseguem ver como ficou tudo em harmonia? Já para Nicole Kidman, o vestido a fez sumir. Mal dá para ver seus traços, já que o tom pesou e a ofuscou. No caso da Emma, não é tão pronunciado e ela foi bem esperta colocando esse batom forte para aumentar o contraste no rosto. Ainda assim, a preferia com algo um pouco mais leve, como marinho ou vinho

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

SE ESSE CABELO FOSSE MEU :: DAKOTA JOHNSON
O MELHOR BATOM DO MUNDO
O CÃO É O MELHOR AMIGO DO HOMEM. O DRAPEADO, O DA MULHER
BABYLIGHTS E A SUA COLORAÇÃO

SUA MAKE ACOMPANHA SEU CABELO?

Consultoria de Imagem
02/12/2016

Já falei aqui algumas vezes sobre o tal “Contraste“, uma das dimensões cromáticas da nossa anatomia. Ainda não fiz um post completo explicando, estou em dívida, mas é bom também salpicar essas noções antes mesmo de definir a questão por completo. Um ponto que acho pertinente abordar é a make em relação ao cabelo

 screen-shot-2016-12-02-at-8-31-35-pm

Muita gente me pergunta coisas como “que sombra combina com morenas“? Eu sempre respondo que não é assim tão simples, já que as cores não são absolutas, são nuances… E tampouco as morenas são todas iguais. Não é tanto se vermelho combina com você, mas sim qual vermelho. Dito isso, tem algo que eu acho importante ressaltar e que pode ajudar muita gente: a maquiagem fica melhor se acompanhar a sua mudança de cabelo. Calma, que eu explico, rs. 

screen-shot-2016-12-02-at-8-31-19-pm

O Brasil é o país oficial das loiras extra-oficiais. Se bobear, aqui tem muito mais loiras do que a Suécia e a Dinamarca somadas. A nossa premissa parece ser “Go blonder, or go home” (Fique mais loira ou vá embora)! Nem que seja em umas luzes discretas, embora eu seja parte da resistência, rs. E mudar o cabelo interfere na sua coloração – pelo menos na questão do contraste. E é nisso que muitas mulheres se perdem na hora da make. Minha humilde sugestão é que se seus traços estão mais suaves, faça uma make mais suave também, e vice-versa.

kristina bazan loira make

Kristina Bazan loira, com um esfumado suave…

kristina-bazan-maquiagem-contraste-cabelo-escuro make

… e morena, com make marcada!

No meu caso, por exemplo, se hoje eu usasse um batom vermelho super vibrante e um olho preto ao mesmo tempo, ficaria um tanto exagerado, mas ficaria harmonioso, por conta dos meus traços extremos (cabelo, olho e sobrancelha escuro x pele branquela). Se amanhã eu resolvo virar loira e ficar bronzeada – graças à genética libanesa, isto é possível – este mesmo look já não vai cair tão bem… Também vale no sentido inverso, para quem larga os fios claros por algo mais escuro. 

Claro que eu não quero ditar quem deve ou não usar determinada maquiagem, até porque sempre sou a favor de ousadias e sair da caixa. Mas é sempre bom ter essa noção, nem que seja apenas para o trabalho ou ocasiões que demandam algo bem ponderado. A idéia é que essa maquiagem não fique forte demais para a sua coloração ou te deixe abatida. Apenas um aspecto interessado a ser considerado na hora do pincel. 

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

SE ESSE CABELO FOSSE MEU :: DAKOTA JOHNSON
O MELHOR BATOM DO MUNDO
O CÃO É O MELHOR AMIGO DO HOMEM. O DRAPEADO, O DA MULHER
BABYLIGHTS E A SUA COLORAÇÃO

FICHA TÉCNICA DO LOOK :: EMMY ROSSUM

Consultoria de Imagem
23/11/2016

Estava ontem passeando pelo Pinterest quando me deparei com um look que ganhou meu coração. Era da Emmy Rossum, mas poderia ter sido meu, se o destino tivesse colaborado. Eu sei que já é praticamente e termicamente verão por aqui, mas vamos tirar uns minutos para apreciar a beleza e a genialidade desta produção de inverno?

emmy-rossum-ralph-lauren emmy rossum

Se eu pudesse – e o clima de brasa quente carioca permitisse – eu sairia com um look equestre todos os dias. É meu estilo favorito, sem dúvida. Nada faz eu me sentir mais eu mesma do que uma bota de montaria, ainda que eu só consiga usar por 3 meses no ano. A produção da Emmy Rossum é toda Ralph Lauren, para a inauguração da nova loja de Beverly Hills. Ralph Lauren é uma marca que não tem o mesmo glamour de uma Gucci ou Chanel, mas é uma das que eu mais gosto. A vantagem é que tem uma abordagem mais tangível, como a deste look. 

Mas não escolhi mostrar este modelito aqui apenas por conta da minha preferência pessoal. Meu coração palpitou por dois motivos quando vi a foto: além do estilo equestre, esta roupa é perfeita do ponto de vista da consultoria. Proporção e coloração 100% no ponto! Fico até comovida de ver algo tão certeiro, rs.

emmy-rossum-look-ralph-lauren

A começar pela bota de cano alto na mesma cor da calça. Bravo! Amo este efeito, que deixa pernas bem longilíneas. O sucesso continua no blazer de corte indefectível, com um pequeno volume nos ombros e no quadril, mas com a cintura marcada. Deixa a silhueta dela bem ampulheta. E o comprimento do blazer também é na medida: quando a calça é coladinha assim e sem fechos, eu prefiro que a parte de cima cubra a região conhecida como “capô de fusca” (eita nomenclatura infeliz, rs). 

Na parte da coloração, o azul-marinho é uma cor universal. Para o contraste dela ainda melhor! O bege da blusa pode não ser tão perfeito assim, mas é compensado pelo marinho, pela maquiagem de olho marcado e pelo cabelo escuro solto perto do rosto. Sempre que eu vou usar uma blusa nude ou bege, eu solto o cabelo para proteger o rosto do abatimento, rs. Emmy cuidou de tudo! Vou guardar esta referência para o inverno… Muito embora eu já tenha usado parecido algumas vezes.

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

A MÁQUINA E O CABELO FEMININO
SE ESSE CABELO FOSSE MEU :: DAKOTA JOHNSON
O MELHOR BATOM DO MUNDO
BABYLIGHTS E A SUA COLORAÇÃO