A ROUPA DE BAIXO QUE É SUA MELHOR AMIGA

Estilo
04/04/2017

Literalmente. Calma que eu explico! Desde muito nova, sempre tive problemas ao usar saias. Se não era o vento me proporcionando um momento Marilyn ou a transparência, eram algumas dificuldades técnicas relacionadas ao atrito das coxas (quem sabe, sabe!) rs. Mas todos os meus problemas se resolveram quando descobri uma roupa de baixo mágica que soluciona todos os dilemas de uma vez:

roupa de baixo

Quero deixar algo bem claro: não é cinta! Detesto roupas que me apertam (muito embora aprecie o suporte lombar, rs). O shortinho é a Bermuda Best Friend da Liz. Eu não sei se o nome foi criado após alguns depoimentos, mas seu eu puder palpitar, garanto que não existe nome mais apropriado. Eu uso tanto esse bendito que ele pode mesmo ser meu melhor amigo. Considero este short uma espécie de forro. Mas o que o torna tão maravilhoso é a modelagem perfeita, cortada a laser. 

 

A barra dele é feita em zigue-zague e cortada a laser. Acho que essa tecnologia impede que ele fique enrolando e escalando a sua perna. Pelo menos para mim funciona muito bem – mas há que se observar o tamanho, que tem que ficar bem coladinho. Eu tive muita dificuldade para encontrar o dito cujo no Rio nos últimos meses. Costumava comprar na Renner mas parou de vender. E nas lojas Americanas só tinha tamanho pequeno. Mas agora em São Paulo tem loja própria da Liz! Comprei três na semana passada. Estou quase comprando mais uns dois, rs. E eu juro que não sou consumista.

Achei esse comparativo interessante no Google

Felizmente, para quem não mora em São Paulo, tem também a opção de comprar online (aliás, achei bem mais barato na Dafiti). Para referência, o meu tamanho é o GG. Lembrem-se que eu sou bem grande. Eu tenho em preto, nude e rosê. Os claros eu uso como proteção para saias potencialmente transparentes. Já o preto eu deixo até uns pedaços aparentes, dependendo da roupa. Ele é bonitinho! Esta é uma compra que eu recomendo com frequência para minhas clientes, além de usar eu mesma. Acho um bom produto e que pode ajudar a “salvar” algumas peças encalhadas no armário. Ter roupa de baixo funcional é tão importante quanto roupas legais.

Beijos,

gabi

CALOR :: ESTILO EM DUAS PEÇAS

Estilo
04/03/2017

Não é segredo nenhum, todo mundo sabe que eu não vivo sem uma terceira peça. Mesmo em temperaturas infernais, eu carrego pelo menos um cardigãzinho comigo, onde eu for. E não é só por conta do ar-condicionado… Eu me sinto meio sem-graça sem aquele detalhe a mais para definir a proposta do look. Ainda assim, reconheço, tem feito calor demais para uma terceira peça de roupa. Mas como criar uma produção com apenas duas peças, sem cair no lugar comum? 

A resposta está em algumas coisas que eu vivo falando aqui, mas que você talvez ainda não tenha experimentado… Ao invés de sobreposição, que tal justaposição? A maioria de nós é doutrinado a sempre colocar a cor ou a estampa com um neutro. Mas porque não aproveitar que só são duas peças e fazer um clash? Assim o look não deixa de ter informação e você não precisa de mais que dois itens. Por exemplo:

looks para o calor

Cor com cor: Para mim, o maior desperdício para uma peça colorida é colocá-la com outra preta. A maneira mais rica de usar cor é com outra cor. Assim, mesmo com duas peças, nunca fica comum.

Colorido de uma cor só: Um pouco diferente do monocromático. Um look com variações de uma mesma cor. E nem precisa ser tão coordenadinho como o da foto, rs. 

looks para o calor

Conjuntinho: É raro eu conseguir comprar duas peças com a mesma estampa, mas eu sempre procuro. Acho um charme conjuntinho! E fica bem arrumado, com pouco.

looks para o calor

Mix de estampas: Esse tabu já foi quebrado, né? Acho que hoje ninguém mais tem medo de misturar estampas. Ter uma camiseta listrada ajuda a compor alguns looks mesclados sem muita dificuldade.

Mix de texturas/modelagens: A gente usa muito tecido liso por aqui. Mas acho que podemos aproveitar a alta dos babados para criar mais looks texturizados. Ainda dá para misturar com as rendas dos verões passados.

Essas são apenas algumas ideias para montar looks com intenção e informação o bastante, em apenas duas peças. Se você quer pouco pano, porque não diferenciar nas escolhas? Eu uso muitas cores neutras sim, claro. Mas quando eu uso cor, eu faço colorido, rs. Assim nunca fica ordinário. Se você não é de cor, pode ser estampa ou textura. O importante é tentar sair do quadrado um pouquinho, para transmitir sua personalidade mesmo no calor da sauna do capiroto. O que acham?

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

DO CASUAL AO ALINHADO EM 5 MINUTOS
TRUQUE DE SILHUETA :: PULSOS DE FORA
COMO USAR ROSA SE VOCÊ É ADULTA
MARINA RUY BARBOSA FASHION WEEK

OS MELHORES LOOKS DO OSCAR

Estilo
27/02/2017

Rolou agora pouco a mais famosa premiação do cinema, o Oscar 2017. Nossas atrizes favoritas escolheram seus melhores looks para o evento e seu tapete vermelho. Fiz um apanhado dos modelitos que eu acredito que deram mais certo, do ponto de vista técnico e de resultado final, para a gente aprender com elas. Afinal, são várias pessoas trabalhando para que cada uma esteja impecável numa festa deste porte, mas isso não quer dizer que a gente não possa aprender alguns trunfos com elas:

Abrindo com nossa rainha, Viola Davis, que enfim ganhou seu Oscar. Viola tem seguido uma estratégia constante nas últimas premiações: vestidos de cores sólidas e saturadas. Nas últimas vezes eu quis muito dar o selinho de aprovação para ela, mas o contraste não estava bom. As cores muito vivas ofuscavam a fisionomia dela, apesar de gostar dos vestidos por si só. Hoje Viola escolheu um Armani Privé vermelho que, se for como na foto (aliás, a luz das fotos estavam péssimas hoje, talvez alguma dificuldade com o backdrop), me parece bom! Mas melhor do que a cor é o corte impecável e belíssimo. Olha esse caimento! Escultural!

Falando em escultura, Chrissy Teigen escolheu um Zuhair Murad selado a vácuo, segundo ela mesma. Gostei muito das pseudo-capas que a deixaram com um ar de deusa. Apesar de Chrissy ser triângulo invertido e esse vestido ter bastante volume nos ombros, esse recorte central ajudou a equilibrar de certa forma. E ainda colaborou na cor também!

 

Não amo este estilo do Ralph & Russo de Hailee Steinfeld, acho muito romântico. Mas eu gosto da maneira como ela montou a produção, compensando um estilo suave com outro mais pesado na maquiagem e cabelo. Este tipo de contraponto é o que eu gosto de ver e acho que dá para aprender com ela.

Naomie Harris de Calvin Klein. Num primeiro momento, rejeitei este look da Naomie. Achei pouco para quem poderia ganhar estatueta no Oscar. Mas agora já gosto do resultado, moderno e inusitado. Sem contar que vestiu muito bem!

Janelle Monae é uma mulher que gosta de impressionar e não economiza na ousadia. Por isso eu acho que esta produção funcionou para ela! Mesmo sabendo que esse volume de saia de seu Elie Saab acaba deixando uma pessoa mignon como ela ainda menor, ainda acho harmonioso. É da personalidade dela. Além disso, o decote alto e o detalhe na cabeça acabam contribuindo no eixo oposto, rs. 

Eu não lembrava de Jessica Biel ser tão moderninha, mas eu amei essa produção arriscada prateada e dourada! Adorei a sobreposição do vestido KaufmanFranco com o colar mais exótico que a Tiffany já criou. O cabelo é meio esquisito, mas vou fingir que não vi. Ainda assim gosto do acabamento super polido. 

Kirsten Dunst tem um estilo bem particular, sempre com uma pitada gótica suave. Apesar de não gostar muito desse comprimento no tornozelo de seu Dior, que tira centímetros preciosos, aprecio bastante o efeito que o volume na saia e no busto criaram na cintura. Além disso, se fosse até o chão, ficaria muito normalzinho para Kirsten. E ela fez um bom trabalho compensando o preto do vestido com a maquiagem.

Eu não sou particularmente fã deste look Armani Privé de Nicole Kidman, mas ela vai ganhar pontos pela evolução. A moça com o menor contraste do mundo, enfim conseguiu fazer seu rosto se destacar. Mesmo que ela tenha recorrido a um batom vibrante, dá para ver o azul do olho dela daqui.

Ruth Negga e um Valentino vermelho, como manda a tradição do querido estilista que batiza meu gato. Este não é um corte que funciona para todo mundo, mas caiu lindamente para ela. Normalmente o “combinandinho” costuma ser mais careta, mas ela escolheu fazer disso um statement: vermelho na tiara, no batom, nos brincos… Só que num tom mais fechado. Adorei a proposta e é algo que eu faria.

Oscar

Se eu pudesse escolher um vestido para mim, seria este Alberta Ferretti de Taraji P. Henson. Eu sei, é tão simples! Mas o corte, o veludo, o azul da meia-noite… Eu amei! Ficou sexy e extravagante, como a personalidade dela. Casamento perfeito.

OSCAR

Emma Stone! Nossa melhor atriz do ano. Vou abrir uma coisa para vocês: não consigo decifrar a coloração da Emma de jeito nenhum, rs. Sempre mudo de palpite e ninguém na internet chega num consenso. Mas gostaria de elogiar a harmonia de cores no styling. O vestido, o sapato, com o tom de pele, com o cabelo e até com o tom de vermelho do batom. Tudo em tons quentes. E o vestido Givenchy é um deslumbre! Certeira para ganhar sua estatueta! 

Este é apenas um apanhado selecionado, mas para quem quer ver todos os looks, recomendo a cobertura do Fashionismo! Só senti falta de fotos de Amy Adams e Meryl Streep no tapete vermelho do Oscar. Sem contar a gravidíssima Natalie Portman que não foi. Mas gostei dos looks em geral. E vocês, têm algum favorito?

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

ELEGÂNCIA E PODER NO TRABALHO COM ANNALISE KEATING