MEU LOOK :: BRUNCH DA DIOR NA CASA SEPHORA

Estilo
25/09/2017

Nem me recordo qual foi a última vez que eu publiquei um look meu aqui! A verdade é que eu não tenho tanta roupa assim, e raramente faço compras. Além disso, eu nunca tenho um pobre voluntário para fazer a foto (isso quando eu lembro, rs). Mas por um milagre, desta vez deu certo! Eu estive num brunch de Miss Dior na Casa Sephora, no Joá, e aproveitei para registrar a produção para dividir umas informações sobre as minhas escolhas:

 Look Gabriela Ganem Consultoria de Imagem

Blazer: Zara | Saia: H&M | Blusa: Valen | Sandália: Pé de Anjo | Bolsa Manufact

Como era um evento da Dior, festejando o amor, resolvi usar uma base clássica, com uma pitada romântica. Escolhi um blazer bem estruturado para fazer um contraponto com a saia de tule e a blusa de seda. Eu sempre busco fazer este contraste de estilos para equilibrar. O mesmo vale para a sandália mais carregada e as pérolas bem femininas. Estou bem apaixonada por este blazer, que acabei de comprar. É raro conseguir um modelo bem longo que conserve a cintura como este.

Estava um vento bem forte então esta foi a única foto sem estar completamente descabelada que consegui fazer neste cenário, mas fiz uma foto alternativa no backdrop, rs:

Look Gabriela Ganem Consultoria de Imagem

Uso bastante esta saia para eventos. Desta vez casei com uma blusa de cor bem similar, para ajudar a manter a silhueta alongada. O mesmo vale para o sapato nude que todo mundo já deve saber que deixa a perna mais longilínea. Sei que nem todas se sentem bem com saias midi, mas eu procuro até estocar, com medo de que a moda passe. Para altas é um trunfo! Sobretudo porque saias curtas ficam curtésimas numa mulher de 1.80m. Como estava tudo bem comportadinho no look, dei um diferencial com a bolsa verde e o batom vermelho. Senão, não seria eu, rs. 

 

A post shared by Gabriela Ganem (@gabriela_ganem) on

Brinco: Yves Saint Laurent vintage | Colar: Mixed

E não é só porque eu coloquei um colarzão que eu não ia botar um brinco marcante. Até porque, as pérolas são da cor da blusa, então tinha bastante margem. Eu gosto do contraponto entre elas e o batom vermelho, um pouco mais sexy (e ótimo para o meu contraste #coloração). Acho um mix harmonioso, clássico sem ser careta. Aliás, falando na maquiagem, é daquelas de 5 minutos: pele, blush rosa, batom vermelho, rímel e uma reforçada nos cílios e sobrancelhas com a sombra preta (mesma sombra e mesmo pincel, mais rápido impossível). Um dia faço um vídeo mostrando o truque dos cílios, rs.  

Queria pedir um feedback sobre posts de look, só para saber se é mesmo interessante ou se é bobagem. Mas acredito que pode ser legal ver como as ferramentas da consultoria de imagem entra na minha vida, na prática. O que acham? Ah! E para conhecer um pouco mais sobre o novo Miss Dior, falei um pouco no meu Instagram!

Beijos,

gabi

OS BATONS DE CADA ESTAÇÃO

Beleza
22/09/2017

batons cartelas analise cromatica

Batons e cabelo são duas das primeiras coisas que as pessoas querem saber depois de uma Análise Cromática. Que a brasileira tem uma relação fervorosa com o cabelo, todas sabemos. Mas parece que o batom não fica muito atrás, rs. Por isso resolvi ilustrar um pouquinho mostrando algumas sugestões de batons para as diferentes cartelas. Para simplificar, dividi as cartelas nas suas 4 famílias. Considerem que existem variações para cada cartela específica…

batons cartelas analise cromatica    

As cartelas de inverno têm como característica tons frios (ou neutro-frio), vivos e escuros. Por isso vermelhos e rosas bem saturados e frios são ótimos para pessoas de inverno. Eu sou de inverno e eu uso muito vermelho vivo, vinho, uva, rosa pink. Algumas cores que representam bem são o Ruby Woo e o Flat Out Fabulous, ambos da MAC. Outro atributo que as estações vivas trazem é a receptividade ao brilho. Por isso, o gloss é muito bem vindo, assim como outros acabamentos brilhantes.

batons cartelas analise cromatica

Primavera também é uma estação viva, mas quente (ou neutra-quente) e clara. Então primaveras também têm uma boa receptividade para o brilho. A diferença aqui é que as cores puxam mais para o laranja do que para o rosa, como no inverno. Batons pêssego, coral, vermelho alaranjado e rosas com uma pitada de amarelo na composição são os mais indicados. Cores como o Dangerous, o Relentlessly Red ou o Sweet Venom, todos da MAC, são boas opções.

batons cartelas analise cromatica

Já para as estações de verão os traços são claros, opacos e frios (ou neutro-frio). Por isso, volta uma a ter uma incidência maior de cores inclinadas ao rosa. Batons em tons de ameixa como o Plumful da MAC ou rosa pink como o Mate de Inveja da Maybelline, ou ainda um rosa suave como o Pink Plaid são ótimas opções. Para as estações opacas é melhor fugir do brilho e ficar nos mattes.

batons cartelas analise cromatica

Por fim, outonos, as outras estações opacas, com inclinação ao quente e ao escuro. Por conta disso, derivados do marrom e laranja são ótimos. Batons terracota como o Chili da MAC, marsala como o Faça Acontecer da Maybelline ou goiaba como o Goiabada da Phebo (este batom é deslumbrante). Todos matte, de preferência. 

Claro que essas são sugestões, não leis. Até porque é uma representação “arredondada”. Ainda assim, servem para entender a lógica por trás das cartelas. Só não esqueçam os contrastes! Quais desses mais combinam com vocês?

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

MARINHO É A COR MAIS NEUTRA
OS 10 BATONS DA MAC MAIS VENDIDOS – E A SUA COLORAÇÃO
SE ESSE CABELO FOSSE MEU :: JULIANA PAES
PRIMAVERA, VERÃO, OUTONO, INVERNO :: ANÁLISE CROMÁTICA

OS MELHORES DO EMMY 2017 E SUAS TÉCNICAS

Estilo
19/09/2017

Rolou ontem à noite a maior premiação da TV, o Emmy 2017. Eu amo porque sou viciada hard core em séries, mas perdi porque fui ao Rock in Rio. As pessoas precisam planejar melhor o calendário de eventos. Então desculpem o pequeno atraso nos comentários. Eu imagino que todas já tenham visto os looks da noite passada, mas aqui a coisa é um pouquinho diferente, rs. Eu gosto de aproveitar a oportunidade para ilustrar algumas boas decisões técnicas com os looks das estrelas:

 EMMY 2017

Emmy Rossum aparece aqui de forma consistente. Impecável em seu Zac Posen preto brilhante. A modelagem deixou a silhueta bem ampulheta, com o vestido solto no quadril equilibrado com os ombros. O contraste do preto está perfeito para ela que é alto contraste e as esmeraldas são um sonho (minha pedra favorita). Maravilhosa… Mas este estava fácil!

EMMY 2017

Lea Michele também foi certeira no Emmy 2017. Ela é super mignon, mas a gente não nota por esta foto, porque ficou bem longilínea. A silhueta sem muito volume ajuda. E reparem que ela está numa proporção ampulheta, apesar de ser triângulo invertido (leia aqui sobre tipo físico), graças ao corte em “A” da saia. Além do monocromático, a alça também contribuiu um bocado. Já falei sobre isso no caso da Selena Gomez, lembram? Outra boa idéia foi jogar o cabelo para trás, já que o cabelão achata a silhueta.

EMMY 2017

Nicole Kidman sempre erra, mas às vezes surpreende. Esse comprimento no tornozelo é bem difícil. Mas como Nicole é das minhas, bastante alta, não a prejudicou tanto. Sem contar que eu amei a sandália rosa e se o Calvin Klein não fosse mais curto, não teria o devido destaque. Ainda temos aqui um problema na coloração e o menor contraste do mundo (esse cabelo, afe…). Mas o vermelho não é dos piores para Nicole e ela ainda elevou o contraste do rosto com a maquiagem, repetindo a cor no batom e caprichando nos cílios. Gostei!

EMMY 2017

Leslie Jones num Christian Siriano bem acertado. Há pouco tempo ela reclamou que não conseguia estilista para produzir algo para premiações e Christian se prontificou desde então. Nunca a vi tão bela e ficou com um corpão. Ela tem um físico difícil, com costas largas e pouca cintura. Mas a modelagem aberta embaixo e com o detalhe preto nos braços deixou tudo mais harmonioso. Sem contar que o modelo é lindo e o contraste está perfeito!

Mandy Moore é mais uma do clube das girafas e fez bom uso disto com este Carolina Herrera criativo e elegante. Essa silhueta segmentada não é para qualquer uma, rs. Ela ainda caprichou no contraste e replicou o efeito no batom pink. Certeiro!

Felicity Huffman de Tony Ward foi um dos meus favoritos do Emmy 2017. Isso porque funcionou muito bem para ela. A cor está linda e fez os olhos acenderem. Além disso, ela é bem atlética e o corte a deixou com uma certa volúpia que favoreceu. Ps: eu estou atualmente assistindo a Desperate Housewives pela terceira vez. Esta série não envelhece. Amo o deboche! Recomendo!

EMMY 2017

Fechando com a realeza. Estou muito feliz de finalmente poder incluir Viola Davis na lista dos acertos. Não é que ela não esteja maravilhosa a cada premiação, mas desta vez ela foi na mosca. É colorido como ela gosta, mas num tom menos saturado que o habitual, que caiu muito melhor. Notem que é um laranja mais suave que o costume. Outro detalhe é que ela também tem um bocado de ombros e essa alça estreita ajuda a equilibrar. Espetáculo!

Lembrando que minhas observações são quase 100% técnicas – eu digo quase porque isenção perfeita não existe, rs. É só para a gente aprender com as estrelas mesmo. Agora com licença que eu preciso dar um jeito de comprar The Handmaid’s Tale (Por que ninguém transmite no Brasil ainda?)… Quais são os favoritos de vocês do Emmy 2017? E alguém sabe como comprar esta série?

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

DESTAQUES DO RED CARPET DO VMA 2017
6 ÊXITOS DO MET GALA E O QUE APRENDER COM ELES
OS MELHORES LOOKS DO OSCAR
ELEGÂNCIA E PODER NO TRABALHO COM ANNALISE KEATING