TESTEI :: VENUS LEGACY PARA FLACIDEZ, CELULITE E GORDURA

Beleza, Rio Black Book
23/10/2017

Há algum tempo eu mostrei no Instagram via Stories um pouco de um novo tratamento que eu vinha fazendo: o Venus Legacy. Mas primeiro, uma introdução… Eu nunca fui das mais informadas no que diz relação a tratamento estético. Produtos? Talvez. Já tratamentos, eu era bem leiga. Digo era, porque há quase 3 anos fui procurada por uma clínica aqui no Rio que me convidou para experimentar o Vela Shape 2. A parceria foi ótima e desde então eu tenho ido testar as novidades. A última é o Venus Legacy. 

Quem é mais inteirado destes assuntos muito provavelmente já ouviu falar neste aparelho. Ele é o que promete a maior transformação no contorno e textura do corpo até hoje. A vantagem dele é que ele ataca de uma vez só a gordura, a celulite e a flacidez. Porque a gordura está ali preenchendo um espaço, né? Se a gente tira a dita cuja, a pele fica ali sem aquele colágeno de outrora. #Balzaca. Para piorar a minha situação, minha pele nunca foi das mais tensionadas. Fico flácida de graça! E ultimamente uma área vinha me incomodando um bocado: a papada. Não é que eu tivesse uma super papada, mas eu sabia que não estava tão bom quanto antes… E não costumo me ligar muito na minha boa forma, mas quando mexe com o rosto, eu piro. Fica bem na minha cara! rs.

Venus Legacy clinica giorelli

Afinal, como funciona o Venus Legacy? Todo o êxito está na junção de 3 tecnologias: Radiofrequência Multipolar, Pulso Magnético e Sucção controlada. O que muda é que esta configuração permite atuar numa área mais profunda da pele, numa temperatura mais alta, que quebra as células de gordura e a celulite. Enquanto isso, o Pulso Magnético estimula a produção de novas fibras de colágeno, para a pele ficar no lugar quando a gordura sair. 

3 em 1

Eu acho que é uma excelente alternativa a outros tratamentos mais invasivos. Lembram das injeções da Khloe Kardashian? No caso do Venus Legacy, o tratamento não dói nada (o máximo que você sente é um quentinho e bate até um sono). Eu diria que está mais para massagem, rs. E o único efeito colateral que pode ocorrer é a pele ficar avermelhada por tipo uma hora. A duração depende da área e pessoa, mas uma sessão dura cerca meia hora. Dá para fazer no horário de almoço, rs. E o intervalo mínimo é uma semana entre cada uma. O resultado é nítido:

Venus Legacy clinica giorelli

Olha esse contorno!

Dá para ver como o contorno do rosto mudou um bocado – isso antes de eu começar qualquer dieta. O que me dá até uma paz de espírito, sabendo que eu vou emagrecer e que a pele vai segurar melhor os efeitos. Mas eu quase me arrependi de escolher a área do rosto por um motivo simples: não se usa a ponteira de gordura no rosto, por conta da sucção. Nunca puxe a pele do rosto! rs. Acabei ficando apenas no controle do colágeno. Como gostei do aparelho, fiquei imaginando como teria sido se tivesse feito em outra área, com as demais funções. Estou ponderando fazer mais uma vez, desta vez nos braços, no tchauzinho – aquela coisa tenebrosa. Já vi umas fotos no Google e fiquei impactada. Mas vale dizer que a mesma ponteira que eu usei serve para as bolsas sob os olhos também, além do queixo duplo. 

Venus Legacy clinica giorelli

Tratamento com a Pri, maravilhosa!

Experimentei o Venus Legacy na Clínica Giorelli (que agora também está cuidando da minha dieta – e insulina alta, desculpa aí pâncreas). A clínica é de médicos nutrólogos e endocrinologistas e conta com um espaço de estética no terceiro andar, cheio de maquininhas amigas. Foi lá que experimentei o Vela Shape 2 e a Criolipólise, ambos com sucesso e responsabilidade. Por isso, eu que costumo ser bem insegura com procedimentos, confio tanto na clínica. Vale dizer que o Venus Legacy foi desenvolvido em Harvard e é aprovado pelo FDA e Anvisa.

O tratamento custa a partir de 2.700,00 reais, para seis sessões. É a mesma quantidade que eu fiz e eu acredito que funciona. O preço não é exatamente barato, mas é muito mais econômico – e natural – que uma plástica, né? A Clínica Giorelli fica em Ipanema, na Rua Redentor 188. Telefone: (21) 2521-4889. Peça pela Pri! rs.

Beijos,

gabi

MEU CORTE DE CABELO DE 58,00 REAIS

Beleza, Rio Black Book
29/03/2017

Desde que eu cortei o cabelo “curto” pela primeira vez eu já soube que eu jamais voltaria a ter cabelão. Apesar de ter um tipo de cabelo muito almejado pela maioria, o look princesa não tem nada a ver comigo. Quando passei a tesoura pela primeira vez, me encontrei. Eu olhava para a foto do dia anterior, com fios enormes e não me reconhecia. Parece loucura, mas foi assim mesmo, rs. O único problema é que meu cabelo cresce muito rápido e eu raramente consigo acompanhar a demanda de corte. Recentemente me irritei com o tamanho e voltei ao salão para mais uma tesourada – generosa:

corte cabelo desconectado gabriela ganem

Desta vez não me orientei tanto pela moda, mas mais pela minha vontade mesmo. Estava querendo algo meio anos 60, só que atualizado. Algo com bastante volume e a personalidade da época, mas com um contexto 2017. Me inspirei um pouco na Sophia Loren. Um outra referência que eu vi há alguns anos e fiquei obcecada, era o cabelo da Megan Draper (Jessica Parré) em alguns episódios sixties de Mad Men:

Zou Bisou Bisou!

A técnica usada no meu corte é um tal de “desconectado“. Desculpem o déficit no vocabulário técnico, mas eu não faço ideia do que isso quer dizer. Só sei que saem uns pedaços enormes de cabelo e até eu que sou desapegada tremi um pouco na cadeira. O resultado do corte me deixou bem satisfeita, porque consegui um bom volume e meu cabelo ondulado deu uma bela enrolada – a coisa que eu mais gosto nele. Claro que eu jamais chegaria numa coisa Sophia Loren sem pelo menos um frasco de laquê. Mas para um cabelo de todo dia, fiquei muito feliz. O que prova que nem sempre a moda sabe o que você quer, rs. 

corte cabelo desconectado gabriela ganem

No entanto, a melhor parte de todo o processo é… o preço. Cortei num salão de bairro, no fundo de uma galeria do Jardim Botânico. Um lugar que eu já frequento há um tempo, de forma bem irregular. Mas esse salão tem um ativo maravilhoso: a minha cabeleireira, Chris. Eu nem sei o sobrenome da Chris. Ou se a grafia é Cris. O que eu posso dizer para vocês é que essa moça é a rainha do repicado, desfiado e afins. E corta muito rápido! rs. 

Ficamos acostumadas a achar que todo profissional bom é caro e tem renome e sobrenome. Não posso nem questionar isso, já que todos os profissionais célebres que passaram pelo meu cabelo foram mesmo maravilhosos e merecem o alarde. Mas também tem gente boa escondida nos salões de bairro, que tem bastante mérito. Então, se você quer um corte bem repicado (ou etc.) bom, bonito e barato, o que eu posso te dizer é que essa moça sempre acerta comigo – por R$58,00

Chris – Exuberant Coiffeur
R. Maria Angélica, 171 – Lagoa/Jardim Botânico
(21) 2246-4470
Não tem site.

E se você tem um cabeleireiro bacana no seu bairro, faço o convite para que você o recomende aqui nos comentários. 

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

O CORTE DE CABELO QUE MUDOU A MINHA VIDA – E A SUA
TENDÊNCIA :: O NOVO CORTE RETO
YOO2, O NOVO HOTEL BOUTIQUE DO RIO
COMIDINHAS :: MIAMOR ATELIER E O SEU PÃO DE MEL

RIO BLACK BOOK :: OS BIQUINIS DA REDLEY + AMÚ

Rio Black Book
19/01/2017

A Redley é uma marca carioca tão tradicional que dispensa apresentações. Já a Amú é uma marca de biquínis mais recente, que passei a seguir no instagram há algumas semanas e que já admiro bastante. Para este verão, veterana e novata se juntaram para criar uma colaboração de biquínis e maiôs que me surpreendeu positivamente. Olha só:

     redley-amu

Dupla face <3

Quando digo que me surpreendeu é porque eu adorei, mesmo sportswear não sendo tanto a minha praia (trocadilho não intencional). Mas a verdade é que eu tenho amado essa onda de tops de biquíni halter – que é muito atlético! Para o tamanho do meu busto, são poucos os modelos que cobrem/seguram de verdade. Geralmente são os de triângulo que cabem melhor… Mas como machucam o pescoço! Então abracei essa coisa do halter para sempre, rs. Sem contar que acho tão elegante.

redley-amu-parceria-1redley-amu-biquini-2redley-amu-biquini-colecao

A Amú, para quem ainda não conhece, é da estilista Amanda Mujica, que já criou para Farm, Cantão e Salinas – de onde são quase todos os meus biquínis. Talvez por isso eu tenha uma certa afinidade com os modelos da parceria com a Redley. Acho que são o híbrido perfeito entre o esportivo e o sofisticado. Talvez as cores tenham um papel nisso (que aliás, são todas frias, e eu egoistamente agradeço). 

redley-amu-colecao-biquini-1redley-amu-maio

O que eu acho mais legal na coleção é que alguns modelos são dupla face. Amo esse recurso, porque te permite mais combinações e uma mala mais compacta na hora de viajar, rs. Sem contar que não são mais caros por isso. Falando em preço, os modelos custam entre R$300,00 e R$350,00, o que não é dos mais caros, se você também andou pesquisando por aí (como anda cara a moda praia!). Pelo menos no site da Redley dá para parcelar em 5 vezes… Já no site da Amú, todo e qualquer biquíni ou maiô está esgotado. Parece que está fazendo bastante sucesso! Vale ficar de olho.

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

MEU LOOK :: PREMIÈRE DE “KINGSMAN 2”
DE QUANTA ROUPA VOCÊ PRECISA?
TENDÊNCIA :: BRINCOS DE BOLAS
DO CASUAL AO ALINHADO EM 5 MINUTOS