O CÃO É O MELHOR AMIGO DO HOMEM. O DRAPEADO, O DA MULHER

Consultoria de Imagem
13/03/2017

Sem querer desmerecer os nossos queridos cães, que eu amo demais e nem precisa ser meu cachorro… Mas eles jamais vão fazer por nós o que um bom drapeado consegue! Para quem conhece o termo mas não sabe exatamente o que é, o drapeado é aquele tipo de modelagem onde o tecido tem umas leves ondulações e ao invés de cair reto, tem um efeito como o de um acumulado ou um repuxado. Imagens falam melhor do que palavras, né?

drapeado

O drapeado é daquelas coisas maravilhosas que, além de permitir a realização de verdadeiras esculturas em tecido, fazem pequenos milagres pela nossa silhueta. Não é que todo modelo deste tipo funcione bem, mas ele é uma grande ferramenta! Sobretudo aqueles posicionados estratégicamente na cintura. Dá para criar a ilusão de ótica de uma cintura mais enxuta e ainda ajuda a não marcar algumas ondulações e terrenos trepidantes do nosso corpinho. Não que isso seja um pecado, mas é algo que eu, pessoalmente, prefiro ocultar por enquanto, rs. Não é à toa que as omnipresentes Kardashians adoram tanto um drapeadinho. A Kim em especial:

O grande lance do drapeado na cintura é que ele pode nos ajudar a atingir a ilusão de ótica de um corpo mais ampulheta – que é a proporção ideal (de acordo com a nossa biologia, não fui eu). E o melhor é que, para quem já tem silhueta ampulheta, valoriza demais! Não é à toa que tem muito vestido de noiva com esse tipo de modelagem. Eu mesma considero usar isso no meu um dia… 

Elie Saab

Mas esperem, porque não é só efeito emagrecedor não! Para quem quer ganhar um pouco de volúpia, o drapeado também pode ser um ótimo aliado. Dá para ver pela quantidade de vezes em que a Angelina Jolie empregou este recurso no red carpet. Acho que ninguém gosta mais desse efeito do que ela. Observem:

drapeado

Nunca esqueci esses brincos e até comprei um inspired na Asos há uns anos. 

O único problema atualmente é que o drapeado não está exatamente na moda. Há uma década, estimo, era drapeado em toda parte. Desde então, ficou meio em baixa e sumiu das lojas. Eu procuro muito e raramente encontro. Quando acho, vira rapidamente minha peça favorita, rs. Com esse resgate recente dos anos 90 e 2000, espero que esses modelitos voltem logo. Mas a verdade é que, algo tão maravilhoso para a nossa silhueta (que ainda é bonito) não deveria ser uma questão de tendência. Estou pensando em lançar uma petição no Avaaz, rs. Enquanto isso, se você viu uma blusinha ou vestido com uma boa cintura drapeada, compra e depois me avisa onde tem, rs.

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

7 CRITÉRIOS ESSENCIAIS PARA IDENTIFICAR UMA BOA COMPRA
LINDO! MAS E EU COM ISSO?
TENDÊNCIA :: A SAIA PLISSADA E O TIPO FÍSICO
PROGRAMAS DE TRANFORMAÇÃO X CONSULTORIA DE IMAGEM

MULHERES FORA DO PADRÃO :: ASHLEY GRAHAM

Consultoria de Imagem
19/10/2016

Vocês talvez queiram me bater por dizer que esta mulher é fora do padrão, mas lembrem que não fui eu quem criou esses critérios insanos, rs. Uma das mulheres mais belas e sexys da atualidade é nada menos do que uma modelo plus size, a americana Ashley Graham. Uma das primeiras modelos curvilíneas a aparecer na Sports Illustrated, revista masculina famosa por seus editoriais de biquíni com bonitonas, como Chrissy Teigen. A moça hoje também tem uma linha própria de lingeries lindíssimas. Sem contar que é ativista do movimento “Health at every size” (Saúde em qualquer tamanho) e fala em escolas sobre imagem corporal. Pacote completo! 

img_3746img_3744
img_3737

O que eu mais gosto na Ashley Graham não é só a beleza, mas a atitude. Poucas mulheres são tão sensuais como ela, mesmo vestindo bem acima do 40 (tamanho que tive pela última vez aos 10 anos, acho). Se encostar, é capaz de se queimar. Ashley atinge um grau Eva Mendes na escala Celsius. Gatíssima e ela sabe! Gosto do quanto ela parece autoconfiante e segura de si. Toda mulher podia aprender umas coisas com ela…

img_3739   img_3742     img_3748   img_3815 img_3817 img_3818    img_3830 img_3831   img_3834  

Ashley é representante evidente do estilo “sexy” (em termos técnicos análise de estilos da consultoria de imagem). Ela gosta de valorizar as curvas e os atributos, escondendo pouco. Acho que ela é um caso de sucesso sobre o ponto de equilíbrio do estilo sexy. Ela tem uma boa medida do quanto mostrar e do quanto esconder, mantendo a harmonia do conjunto. 

ashley graham img_3835
img_3821
img_3833
img_3819img_3749img_3736
img_3829

Ashley Graham também é um bom exemplo de corpo “fora do peso” mas na proporção perfeita. Vejo muita gente que se preocupa muito com o dígito da balança e nem percebe que para a ótica, o corpo já é ideal. Ashley é ampulheta, com ombros e quadris equilibrados e cintura menor que ambos. Por isso as roupas, mesmo coladas, a valorizam tanto. Um violão e um avião! E ela é esperta: destaca a cinturinha sempre que pode. Pense em drapeados, vestido envelope, croppeds, pontos focais… Ashley sabe o que a valoriza. 

img_3820

Uau!

img_3825
img_3741 

Vocês devem notar que em algumas fotos ela está mais magra e outras menos. Não sei se é sanfona (quem nunca?) mas o importante é aprender com ela a se valorizar e a transmitir esta confiança. Vale conferir sua linha de lingerie, que contou com um desfile de cair o queixo, apenas com modelos plus size – e peças que as vestiam com perfeição. Publiquei o vídeo esta semana na minha página do Facebook. Algumas peças estão à venda na Nordstrom, que entrega aqui. Para quem tem dificuldade para comprar sutiãs grandes, como eu, pode ser uma boa alternativa.

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

DO CASUAL AO ALINHADO EM 5 MINUTOS
O CÃO É O MELHOR AMIGO DO HOMEM. O DRAPEADO, O DA MULHER
RIO BLACK BOOK :: OS BIQUINIS DA REDLEY + AMÚ
A COLEÇÃO DE TÊNIS DA FARM