QUAL SEU TIPO FÍSICO?

Consultoria de Imagem
11/06/2016

tipos fisicos

Muito se escuta sobre o tipo de corpo, sobre o quadrilzão da brasileira, sobre as roupas… Mas para quê servem esses dados? A gente é exposta a esse tipo de informação o tempo todo mas acredito que nunca li uma boa explicação sobre o porquê e a função deste tipo de análise…

ilusao de otica tipo fisico

Nós, humanos, nascemos com uma percepção pré-estabelecida do que é proporcional. Essa concepção vem no nosso cérebro, de fábrica, e não faz parte da cultura à nossa volta. De acordo com esses padrões, a proporção ideal do corpo feminino é o ampulheta, que nós tanto ouvimos falar. Essa parte não pertence a modismos ou tampouco é uma questão de gosto pessoal, de acordo com a ciência, este padrão é em escala humana. E isso não quer dizer que os outros corpos são “errados”. O único objetivo é tirar proveito desse conhecimento para “enganar” a nossa percepção. A primeira etapa é descobrir qual é o nosso tipo físico:

tipos-fisicos

Triângulo :: Quadris mais largos que os ombros.

Retângulo :: Cintura na mesma largura dos ombros e quadris.

Triângulo invertido :: Ombros mais largos que quadris.

Ampulheta :: ombros e quadris na mesma largura, cintura menor que ambos. = proporção ideal.

Oval :: Cintura mais larga que ombros e quadris.

Não precisa medir com fita métrica. Basta ficar de frente para o espelho com roupas ajustadas para avaliar. Afinal, o termômetro é o olho mesmo. Como vocês podem ver, não existe valor absoluto. Você achar que tem um quadril enorme. Mas pouco importa o tamanho de cada parte, mas sim a relação entre elas. Então, se o seu quadril é grande, mas seus ombros compensam, você ainda pode ser ampulheta, por exemplo.

E não precisa nem ficar chateada se o seu não é ampulheta. Algumas das nossas maiores musas não estão na proporção considerada “perfeita”. Fernanda Lima, talvez a mulher mais linda e charmosa do país (acho mesmo), é um triângulo invertido. Isis Valverdesex symbol, é retângulo. E nem sempre tem a ver com o peso. A questão é usar essa informação como ferramenta. Ao saber quais são nossos tipos físicos podemos usar as roupas para compensar o que a natureza nos deu. Nunca comprou uma roupa bonita mas não se sentia bem com ela, sem saber o motivo? O seu tipo físico pode ser a explicação para esse desencontro.

tipos-fisicos-famosas

Esse post é apenas para dar um “diagnóstico” e explicar a função do tal tipo físico no estilo. Aos poucos vou escrevendo sobre as ilusões de ótica para cada um, senão esse post seria um pergaminho, rs. De qualquer forma, essa referência vai voltar aqui toda hora, em comentários de looks, peças e afins… Então memorizem o tipo físico de vocês, mas lembrem que ele pode mudar com o ganho ou perda de peso. Em caso de dúvida, eu posso tentar ajudar aqui nos comentários. 😉 Quem quiser a ajuda de um profissional pode procurar um consultor de imagem qualificado. Meu contato vocês já têm, rs.

Beijos,
Gabi

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

LINDO! MAS E EU COM ISSO?
TENDÊNCIA :: A SAIA PLISSADA E O TIPO FÍSICO
O CÃO É O MELHOR AMIGO DO HOMEM. O DRAPEADO, O DA MULHER
PROGRAMAS DE TRANFORMAÇÃO X CONSULTORIA DE IMAGEM

A TERCEIRA PEÇA

Consultoria de Imagem, Estilo
09/06/2016

O termo é um tanto auto-explicativo, mas não é óbvio, rs. A terceira peça é aquela que você usa além das duas habituais que a gente usa para cobrir o básico. A blusa, um; a calça, dois; e a terceira é aquela que vem além dessas duas. São cardigãs, jaquetas, blazers, coletes, casacos, quimonos e todas as suas variantes… Eventualmente, até um lenço ou acessório com presença.

terceira peca estilo styling

A terceira peça é aquela que não é fundamental, mas que faz toda a diferença. Um look fica sempre mais completo e com mais personalidade com a terceira peça. Lá fora, onde é mais frio, se vestir em camadas é um hábito mais instituído. Aqui, por ser quente, não damos tanta atenção a isso. Mas olha a diferença que faz:

terceira peca styling truques estilo consultoria de imagem 3

Um colete clássico

terceira peca styling truques estilo consultoria de imagem 2

Uma jaqueta jeans

terceira peca styling truques estilo consultoria de imagem

Um cardigã

É a maneira mais fácil de transformar um look, sem dúvida. A sobreposição pode multiplicar o armário. Quando acrescentamos este recurso, nosso repertório cresce, já que conseguimos para fazer mais combinações. Dá para pegar uma peça alinhada e torná-la mais casual – e vice versa. Um exemplo prático: já usei vestido longo de festa com jaqueta de couro (mais de uma vez) e foi o que me salvou, sobretudo porque eram daqueles eventos em que eu não fazia ideia do dresscode, rs. Não encontrei as fotos, senão mostraria aqui para provar que não ficou sem pé nem cabeça, mas segue uma referência:

terceira peca estilo

Dá para mudar completamente a função de uma peça, com um complemento. Além disso, é um elemento visual a mais numa produção que poderia estar muito simplista. Pode ser uma nova proposta. Muita gente esperta já percebeu o potencial de uma terceira peça. Vide este caso da Julie Sariñana do Sincerely, Jules:

julie terceira peca estilo styling

terceira peca estilo styling

terceira peca estilo styling julie

Escolhi 3 casos com a mesma peça, só para ilustrar meu ponto. É capaz da jaqueta jeans nem ter saído da cintura o dia todo, mas entrou na produção para contar uma história diferente. Acho legal como ela usa a jaqueta para fazer um contraponto com o salto, por exemplo. Se fosse um blazer no lugar da jaqueta, com a mesma roupa, o resultado seria outro…

Claro que isso não significa que você tem que incorporar o terceiro elemento em todos os seus looks (até porque, aqui só compartilhamos idéias e estratégias – nada de regras). A terceira peça é apenas mais uma ferramenta do estilo para transmitir nossa identidade.

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

LINDO! MAS E EU COM ISSO?
DO CASUAL AO ALINHADO EM 5 MINUTOS
O CÃO É O MELHOR AMIGO DO HOMEM. O DRAPEADO, O DA MULHER
PROGRAMAS DE TRANFORMAÇÃO X CONSULTORIA DE IMAGEM