DE QUANTOS SAPATOS VOCÊ PRECISA?

Estilo
01/01/2018

Antes de mais nada, Feliz ano novo! Que o 2018 seja o melhor ano até hoje para todas nós. Acho que vale abrir o ano pensando numa vida mais enxuta e estratégica, pelo menos no que diz respeito ao armário ou consumo em geral. Assim resolvi abrir com o pé direito… E o esquerdo, rs. De quantos sapatos você precisa?

Sapatos são uma notória obsessão feminina e até fetiche para alguns. Por isso, eu sei que a nosso relacionamento com eles nem sempre é muito objetivo. Eles apelam para o nosso emocional como poucas coisas. Sem contar que nem precisa tirar a roupa para experimentar. É muito fácil se deixar seduzir por mais um. Mas e se você só pudesse ter 3 sapatos?

Eu poderia viver com apenas 3, desde que eu tivesse os modelos certos. Observando as minhas atividades, meu estilo, minha anatomia e geografia cheguei no menor denominador possível (mas antes de começarmos, quero dizer que chinelo não conta, é café com leite, e eu não vivo sem):

    

Considerem isso: eu sou carioca, tenho um estilo meio arrumadinho, mas curto sapatos mais sexy e ainda busco sempre alongar a silhueta. Por isso, se eu só pudesse ter um trio de sapatos, eles seriam versáteis, mas alinhados e poderosos:

Rasteira metalizada: Eu sempre digo que metalizado vale por dois. É uma cor tão versátil quanto o nude e ainda dá um ar mais refinado à uma sandália rasteira. Tenho sempre uma assim. Eu sei que nem todas curtem, mas as minhas favoritas são as gladiadoras. Não é qualquer modelo também… Mas na medida certa de altura e tiras, é o que mais gosto, justamente porque acho mais sexy. Lembrando que, uma vez no Rio de Janeiro, este é o sapato que você mais vai usar, via de regra.

 

Bota de Montaria: Quando morei fora passei uns seis meses usando exclusivamente uma bota dessas. Eu amo como ela veste e também o conforto. Eu escolheria preta porque na maioria das vezes eu caso com calça legging preta. Assim a silhueta fica bem contínua.

Sandália nude: É linda, alonga a perna e vai com tudo. Eu disse tudo. Branco? Vermelho? Roxo? Neon? Sim, sim, sim e sim. Para pessoas de outros estilos, talvez fosse um scarpin aqui. Já eu prefiro sandálias e essas vão até em casamento.

Oncinha: Há quem diga que onça é muito chamativo. Eu considero algo básico como preto, rs. Aliás, dá um diferencial enorme em roupas básicas. Por isso entra fácil no meu top 4.

Pedrarias: Tenho uma sandália de pedrarias há anos e amo de paixão. Adoro usar não só em festas, mas também fazendo um contraste com calça jeans, por exemplo. O desafio é encontrar um modelo com pedras legais e com cara de caro. Acho que um segredo é fugir de pedras brancas.

Espadrilha: Pensa comigo… Rio de Janeiro = Pedra portuguesa. Na minha cidade, a espadrilha pode ser a sua melhor amiga, principalmente para quem gosta de salto – e também gosta de conforto. Ainda acho que é o par ideal para vestidos longos.

Scarpin: Eu prefiro os sapatos abertos aos fechados. Mas se eu for usar fechado, tirando a bota, ele provavelmente vai ser de bico fino. Tem a ver com meu estilo complementar, sexy. Se fosse bico redondo, seria muito girlie para mim.

É importante lembrar que esta não é uma lista absoluta, mas totalmente personalizada para as minhas demandas. Para muitas pessoas, meu top 1 não estaria nem em seu top 10, rs. Mas o que eu posso garantir aqui é que, se eu tiver uma boa base de sapatos bonitos, versáteis e funcionais, não vou precisar ter tantos. E isso vale para todo mundo, desde que seja algo na medida para você. É por isso que eu não sou muito partidária do tal “must-have“. Como uma estudante de 20 anos do Rio e uma CEO de 50 anos em São Paulo poderiam ter os mesmos calçados?

Fazendo escolhas com planejamento e versatilidade para o essencial permite ainda que você compre uma algo mais ousado sem que isso prejudique o funcionamento do seu armário. Com a base consolidada, até uma bota pink de verniz pode encaixar na sapateira sem grandes prejuízos.

E um aviso legal: neste mês vai rolar post todos os dias aqui no blog! É a minha versão inspired do #Checkmate, rs. Então não esqueçam de vir aqui quando puderem. Vai ter conteúdo técnico, de estilo, de beleza, de inspirações… O importante é que todo dia tem novidade aqui em janeiro. E se quiser compartilhar com as amigas e a família, eu aprecio e agradeço. Vejo vocês amanhã?

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

O EFEITO PÉ DE PORCO
MINHAS 3 PRINCIPAIS REFERÊNCIAS DE ESTILO HOJE
CARA DE CARO :: ESCOLHENDO UM SAPATO
5 PEÇAS PARA SE MANTER ELEGANTE NO CALOR DO VERÃO

OS DEZ POSTS MAIS IMPORTANTES ATÉ AQUI (EU ACHO).

Sem categoria
26/12/2017

O ano está acabando e talvez seja um bom momento para recapitular alguns dos posts mais importantes que já rolaram por aqui. Eu não sei se consegui listar todos os pontos absolutamente mais relevantes, mas acho que deu para reunir uma boa quantidade de conteúdo de base. Assim a gente pode rever alguns pontos ou, se você chegou há pouco tempo, dar uma olhada no que já rolou de mais fundamental. Desta forma, entramos todas em 2018 no mesmo patamar, rs. Confiram a seleção:

Posts mais importantes

1. PRIMAVERA, VERÃO, OUTONO, INVERNO :: ANÁLISE CROMÁTICA

Um basicão para entender como funciona a Análise Cromática no método sazonal Expandido. Tudo bem explicadinho para ajudar todo mundo a assimilar as diferenças entre as estações das cartelas de cores. O mais relevante dentre os posts mais importantes, rs.

2. A TERCEIRA PEÇA

Não é todo mundo que ama a terceira peça como eu… Mas como ela é útil! E se vocês notarem, eu estou quase sempre com alguma (só estou dando uma margem de segurança aqui, acho que eu sempre tenho uma, nem que seja no carro, rs). No mínimo um bom acessório entra na roda! 

3. CORES QUENTES X CORES FRIAS

Aprenda a distinguir melhor tons quentes e tons frios – de todas as cores! 

4. VISTA-SE PARA O TRABALHO QUE VOCÊ QUER TER

Como sua roupa e imagem interferem na sua carreira. Mais que isso: como isso tudo interfere no seu desempenho no trabalho? Como usar essas informações a seu favor?

5.  QUIZ :: COR QUENTE X COR FRIA

Teste seus conhecimentos e descubra se você já consegue diferenciar tons quentes de tons frios.

6. POST DEFINITIVO SOBRE CONTRASTE & COLORAÇÃO PESSOAL

Tudo o que você precisa ver para assimilar de vez o conceito de contrastes. Saiba identificar os diferentes perfis – incluindo o seu – e também o que fazer com esta informação. 

7. SE ESSE CABELO FOSSE MEU :: JULIANA PAES

O caso da transformação capilar de Juliana Paes e o que podemos aprender sobre coloração com ele. Como lidar com a moda das baby lights?

8. “VERMELHO ME CAI BEM”

Aprendendo a lidar com a diferença entre “tom” e “cor” para derrubar crenças absolutas como “vermelho me cai bem”. 

9. QUÃO IMPORTANTE É A MAQUIAGEM PARA O SEU CONTRASTE?

Como equilibrar a sua maquiagem com o seu contraste. E mais importante: como ajustar a make às variações de contraste que venham a acontecer com você.

10. DRAMA :: SOU ALTO CONTRASTE E QUERO USAR NUDE

Este pecado capital comum da análise cromática tem solução e pode funcionar para você também!

Estes são alguns dos posts mais importantes que rolaram por aqui até hoje. Se você tem outra pauta que te marcou ou ficou com alguma dúvida, é só falar nos comentários! FELIZ NATAL & ANO NOVO!

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

A SUA CARTELA DE CORES PODE MUDAR?
MINHAS 3 PRINCIPAIS REFERÊNCIAS DE ESTILO HOJE
5 PEÇAS PARA SE MANTER ELEGANTE NO CALOR DO VERÃO
SE ESSE CABELO FOSSE MEU :: ANITTA

MEU LOOK :: PREMIÈRE DE “KINGSMAN 2”

Estilo
16/10/2017

Recentemente estive no cinema para a première do filme “Kingsman 2” (que aliás é tão bom e debochado quanto o primeiro, adorei) e consegui convencer o namorido de registrar o look para publicar aqui. Tarefa difícil, porque ele detesta, comprensivamente. A luz não é das melhores, mas o evento era noturno. Então foi o melhor que deu para fazer na vida real, rs. Consegui um cantinho mais iluminado, mas ainda não era o ideal. Portanto, considerem uma boa margem de erro para essas fotos, ok?

 

Blazer: Zara | Blusa: Enjoy | Bolsa: Manufact | Colar: J.Crew

Saia: Gig | Sandália: Pé de Anjo

Comecei escolhendo a saia, já que ela seria o destaque da produção. É uma saia de tricô estampado da Gig. Já falei para vocês sobre o quanto eu amo tricô? Aliás, a collection da Gig para a C&A chega nesta semana e eu já estou me coçando. Já usei esta saia num look com blusa de seda pink, mas desta vez quis algo mais coordenado. Repeti o verde água da estampa na blusa e o marinho no blazer. A maioria das pessoas pararia por aí e colocaria uns acessórios pretos. Mas eu não curto muito colorido com preto. Por isso, preferi minha fiel escudeira bolsa verde – é a que eu mais uso. 

 

A post shared by Gabriela Ganem (@gabriela_ganem) on

Como já falei outras vezes, sapato metalizado vale por dois! Isso porque ele combina com qualquer coisa e ainda valoriza as demais cores, ao invés de apagá-las. Botei mais um tiquinho de brilho no colar e no brinco, mas não muito. Só o suficiente para dar uma luz – lembrando que a minha cartela de cores da Análise Cromática inclui o brilho. 

Em matéria de silhueta, sempre dou preferência para os modelos um pouco abaixo do joelho ou midi. Fica muito mais proporcional ao meu corpo. Outro detalhe é o comprimento do blazer. Neste modelo de saia adesiva e estampada meu quadril fica um tanto em evidência, ali na altura do culote. Para amenizar, joguei este blazer longo (e devidamente acinturado) para esconder este detalhe. Mas é importante ressaltar que o blazer vai até abaixo do quadril. Se ficasse na linha do culote, criaria um ponto focal e destacaria ainda mais o que eu quero esconder. Então cuidado com isso, demais cadeirudas do Brasil, rs. Ps: outro detalhe da saia de tricô é que não precisa passar, amém. Muito prático!

Gostaram? Se ficar alguma dúvida na explicação, já sabem que é só comentar aqui embaixo que eu tentarei detalhar melhor, rs. Espero inspirar e ajudar alguém com estas explicações… Em breve mais um look aqui!

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

A SUA CARTELA DE CORES PODE MUDAR?
MINHAS 3 PRINCIPAIS REFERÊNCIAS DE ESTILO HOJE
5 PEÇAS PARA SE MANTER ELEGANTE NO CALOR DO VERÃO
SE ESSE CABELO FOSSE MEU :: ANITTA