CALOR :: ESTILO EM DUAS PEÇAS

Estilo
04/03/2017

Não é segredo nenhum, todo mundo sabe que eu não vivo sem uma terceira peça. Mesmo em temperaturas infernais, eu carrego pelo menos um cardigãzinho comigo, onde eu for. E não é só por conta do ar-condicionado… Eu me sinto meio sem-graça sem aquele detalhe a mais para definir a proposta do look. Ainda assim, reconheço, tem feito calor demais para uma terceira peça de roupa. Mas como criar uma produção com apenas duas peças, sem cair no lugar comum? 

A resposta está em algumas coisas que eu vivo falando aqui, mas que você talvez ainda não tenha experimentado… Ao invés de sobreposição, que tal justaposição? A maioria de nós é doutrinado a sempre colocar a cor ou a estampa com um neutro. Mas porque não aproveitar que só são duas peças e fazer um clash? Assim o look não deixa de ter informação e você não precisa de mais que dois itens. Por exemplo:

looks para o calor

Cor com cor: Para mim, o maior desperdício para uma peça colorida é colocá-la com outra preta. A maneira mais rica de usar cor é com outra cor. Assim, mesmo com duas peças, nunca fica comum.

Colorido de uma cor só: Um pouco diferente do monocromático. Um look com variações de uma mesma cor. E nem precisa ser tão coordenadinho como o da foto, rs. 

looks para o calor

Conjuntinho: É raro eu conseguir comprar duas peças com a mesma estampa, mas eu sempre procuro. Acho um charme conjuntinho! E fica bem arrumado, com pouco.

looks para o calor

Mix de estampas: Esse tabu já foi quebrado, né? Acho que hoje ninguém mais tem medo de misturar estampas. Ter uma camiseta listrada ajuda a compor alguns looks mesclados sem muita dificuldade.

Mix de texturas/modelagens: A gente usa muito tecido liso por aqui. Mas acho que podemos aproveitar a alta dos babados para criar mais looks texturizados. Ainda dá para misturar com as rendas dos verões passados.

Essas são apenas algumas ideias para montar looks com intenção e informação o bastante, em apenas duas peças. Se você quer pouco pano, porque não diferenciar nas escolhas? Eu uso muitas cores neutras sim, claro. Mas quando eu uso cor, eu faço colorido, rs. Assim nunca fica ordinário. Se você não é de cor, pode ser estampa ou textura. O importante é tentar sair do quadrado um pouquinho, para transmitir sua personalidade mesmo no calor da sauna do capiroto. O que acham?

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

COMBO CROMÁTICO :: AZUL E CÁQUI
O PODER TRANSFORMADOR DA TERCEIRA PEÇA + SAPATO
XODÓ :: CLUTCH DE PALHA
COMBO CROMÁTICO :: BEGE + BATOM PINK

TRUQUE DE SILHUETA :: PULSOS DE FORA

Consultoria de Imagem
20/11/2016

Puxar ou dobrar as mangas é uma ferramenta de styling bem disseminada. Algo que certamente todas já fizeram em algum momento da vida. Mas se você é como eu e ama vestir a terceira peça, este detalhe pode ser relevante para a silhueta, além de apenas uma escolha de styling… Sobretudo se você não vive sem blazer, minha peça favorita do armário todo! 

silhueta pulsos a mostra dobrar manga puxar manga blazer

Os pulsos (e o antebraço) são a parte mais fina do seu braço. Por conta disso, deixá-los à mostra cria um efeito que favorece muito a silhueta. O blazer, por exemplo, tem um formato um tanto rígido e bem estruturado. As mangas não são ajustadas em todo o braço. Por isso, para tirar este efeito meio “quadrado” da modelagem, mostrar os punhos pode ser certeiro! E para quem quer dar a impressão de estar mais magra ou até mesmo valorizar este atributo, este é um grande aliado. Até porque o volume da dobra dá a impressão de que o que está de fora é ainda mais fino.

silhueta pulsos a mostra dobrar manga puxar manga blazer silhueta pulsos a mostra dobrar manga puxar manga blazer silhueta pulsos a mostra dobrar manga puxar manga blazer

Eu mesma faço isso sempre, com blazers, jaquetas e cardigãs. Claro que nem todos os tecidos e modelos permitem essa “puxadinha” – que eu gosto ainda mais que a dobra. Mas eu uso sempre que cabe, principalmente em meus blazers tipo boyfriend ou mais largos. Para garantir que as mangas vão ficar no lugar, vale colocar um elástico de dinheiro escondido por dentro. Ele é perfeito para isso, já que não machuca mas mantém no lugar.  

silhueta pulsos a mostra dobrar manga puxar manga blazer

E o melhor é que dá para ser criativo com esse recurso e até usar camadas, dobradas ou não. No inverno, dá para usar uma manga comprida coladinha e puxar ou dobrar só a manga da terceira peça. Fica um charme e tem o mesmo efeito! A vantagem do clima frio é justamente poder experimentar com mais peças, né? O que acham?

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

O TAL DO “NÃO PODE”…
DE QUANTA ROUPA VOCÊ PRECISA?
COMBO CROMÁTICO :: AZUL E CÁQUI
O PODER TRANSFORMADOR DA TERCEIRA PEÇA + SAPATO

COMO USAR ROSA SE VOCÊ É ADULTA

Consultoria de Imagem
14/10/2016

O título é sensacionalista, eu sei. Mas também sei que existem muitas mulheres que resistem ao rosa por conta dessa alusão à infância. Culpa da Barbie, talvez? Ou traumas de tanto nos empurrarem a mais emblemática “cor de menina”? A verdade é que o rosa pode ser um pouco discriminado (não tanto quanto o marrom, mas um pouco também). No entanto, acho que neste ano a Pantone acertou a previsão em cheio com o rose quartz: nunca se usou tanto rosa, neste século. E a vantagem das tendências é que elas nos permitem revisitar conceitos e rever nossas concepções…

img_3477   img_3480img_3487             
Pessoalmente, adoro rosa! Acho que é uma cor bonita, moderna e com variantes suficientes para que todo mundo tenha um tom legal para si. Felizmente a minha cartela conta com pelo menos 12 variantes da cor (que tem mais opções para peles frias). Não tenho tantas peças da cor quanto gostaria, mas as que tenho, eu amo. E para quem tem essa dificuldade com o rosa, tenho algumas receitinhas que podem quebrar essa imagem de que é uma cor infantil:

Elementos masculinos

rosaimg_3478

Usar rosa com itens do armário masculino cria um contraponto perfeito para quebrar a referência “menininha” da cor. Gravatas, sapatos pesados… Funcionam muito bem e dão equilíbrio.

Alfaiataria

img_3479

Não deixa de ser algo do universo masculino, por isso também é uma boa opção. Ternos, camisas, chemisiers… 

Com cores inusitadas:

img_3485img_3469
img_3467

Usar o rosa com outras cores inesperadas e mais “maduras” dão a quebra necessária para quem quer fugir do look menina. Vermelho vibrante, vinho, o verde… Amo rosa com verde! E não é por causa da Mangueira, rs. 

Com nude:

img_3494

O rosê com o nude ficam lindos juntos! Criam aquele tom sobre tom bonito e moderno que já falei por aqui. Ótima pedida sobretudo para meninas com coloração bem clarinha ou, opostamente, negras.

Em estampas modernas:

img_3492
img_3482img_3491

Padronagens geométricas, por exemplo, ou em outros estilos contemporâneos ajudam a dar uma outra abordagem à cor. O floral e outras estampas mais girlie reforçam aquela impressão que você não quer. 

 

Com peças utilitárias:

img_3489img_3486
img_3481

Jeans e/ou jaqueta são bons companheiros para o rosa. Essa cara mais “pesada” também serve para criar um contraste de estilos, que equilibra o styling.

Com cores neutras:

img_3488

Por fim, o mais óbvio, usar o rosa como uma pitada de cor em um look de tons neutros. Nenhum mistério! Mas o suficiente para um look moderno, contanto que as modelagens também sejam. 

Seja pink, rosê, blush, antigo ou outro, existe um rosa que pode servir para você – e te servir muito bem, inclusive. Vale dar uma chance e aproveitar para experimentar algo diferente. Essas são apenas algumas soluções para quem teme parecer muito menina com esta cor. Tirando isso, qualquer manifestação de rosa é bem-vinda – sobretudo neste mês!

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

TENDÊNCIA :: BRINCOS DE BOLAS
COMBO CROMÁTICO :: AZUL E CÁQUI
O PODER TRANSFORMADOR DA TERCEIRA PEÇA + SAPATO
VAPOR BLUE :: A COR DE 2018?