Vocês me lêem falando muito sobre tom de pele. Cores frias x cores quentes, opacas x vivas, claras x escuras. Mas eu expliquei pouco ainda sobre o que estas características são na prática. A verdade é que cor é um assunto bocado complexo e eu tenho abordado aos poucos. Hoje decidi falar sobre a diferença entre cores frias e cores quentes. Uma introdução básica, por assim dizer:

 CORES QUENTES X CORES FRIAS    

Todos nós aprendemos no jardim de infância que as cores são feitas de outras cores. No caso de pigmentos, azul, amarelo e vermelho são as cores primárias (quando o assunto é luz, a coisa muda um pouco e na impressão também). Mas no pré-primário descobrimos que vermelho + amarelo dá laranja. Ou que azul + amarelo dá verde. E por aí vai… Quando falamos de cores quentes e frias, o que determina a temperatura de cara uma é o percentual de amarelo ou azul de sua composição. 

Quanto mais amarelo na mistura, mais quente. Quanto mais azul, mais frio. O violeta, por exemplo, é uma cor que tradicionalmente tem bastante azul na composição e por isso seria uma cor fria. Já o laranja, que tem mais amarelo, seria uma cor quente. E como a gente aplica isso na análise cromática?

CORES QUENTES X CORES FRIAS

CORES QUENTES X CORES FRIAS

A nossa pele também tem esta variação. Quanto mais próximo do branco é o sub-tom da pele, mais frio (notem que eu falei “sub-tom” e não “tom”). Quanto mais próximo do amarelo, mais quente. E ao determinar esta característica, podemos aplicar nas nossas roupas, acessórios, maquiagem e até o cabelo. Se a pele é fria, recomenda-se o uso de cores frias. Se a pele é quente, recomenda-se o uso de cores quentes. Eu mesma, tenho pele fria e por isso busco usar tons como o branco, o azul cobalto e o rosa pink, por exemplo. 

CORES QUENTES X CORES FRIAS

Mas como eu já falei antes, dando o exemplo do vermelho, na consultoria de imagem eu não trabalho com cores, mas sim com tons. Ou seja, existem vermelhos quentes e vermelhos frios. Rosas quentes e rosas frios. Verdes quentes e verdes frios, Beges quentes e frios… E por aí vai! 

CORES QUENTES X CORES FRIAS

A vantagem disso é que a coloração pessoal te permite usar quase tudo, desde que o tom esteja certeiro. A única cor que eu não tenho em nenhuma variação na minha cartela é o laranja. Mas eu tenho até amarelos na minha cartela… Parece incoerente, né? Mas isso é para uma aula mais avançada, rs. Lembrando que para descobrir seu sub-tom o único jeito é com a análise cromática. Do contrário é só palpite (que pode até estar certo, mas não é certeza). Então nada de ficar observando a cor das veias, ok? Até porque existe o sub-tom neutro… Que também vai ficar para outro post, já que aqui é só introdução, rs.

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

  1. Marina

    5 jul 2017 às 17h42

    Gabi, adoro seus posts, por favor, faça um post para as pessoas de sub-tom neutro, que acredito ser meu caso e tenho mta dificuldade em encontrar minha cartela.
    Obrigada!!

    Responder
  2. Gláucia

    5 jul 2017 às 18h13

    E eu já estava olhando para as veias, vi que aproximam-se do verde, aí bugou tudo pq não me acho quente e me detesto de laranja kkk

    Responder
    • Dulce

      7 set 2019 às 18h19

      Menina… Eu tbem tenho veias esverdeadas… sou negra. Mas…. Não gosto de laranja. Mandei embora um conjunto de tricô lindo por causa da cor.

      Responder
  3. CLAUDIA ESTEVAO DE OLIVEIRA

    5 jul 2017 às 18h23

    GABI, PARABENS MAIS UMA VEZ ESCLARECENDO AS DIFERENÇAS EU ESTOU APAIXONADA NESTES POSTS, QUERO APRENDER CADA DIA MAIS COM VC.

    Responder
  4. Marilia

    5 jul 2017 às 18h45

    Como sempre, seus posts são excelentes, e sempre dá vontade de ler mais. Eu tô cada vez mais fascinada com esse tema de análise cromática. Enquanto não tenho oportunidade de fazer uma, vou me familiarizando por aqui. Obrigada!!!

    Responder
  5. Ligia

    6 jul 2017 às 13h04

    Gabi, participar de uma consultoria de imagem beeem completa com você já está nos planos – espero que num futuro póximo! <3

    Porém, até lá, vou tentando (bem no chute!) usar algumas cartelas diferentes todo mês.

    A minha dúvida é: independente da cartela, como devemos fazer para compensar diferentes temperaturas? Por exemplo: minha pele é bem rosada – imagino que fria? – e meus olhos tem claramente bastante amarelo. Nem todo mundo é Courtney Cox ou Debra Messing.

    Como equilibrar tudo isso?

    Responder
  6. Anna Camila

    6 jul 2017 às 13h57

    Gabi, amei o post (pra variar!)!
    Mas ficou um errinho ali na montagem… No verde quente e frio o título ficou trocado… =)
    E por ter colocado em cada montagem os tons quentes e frios em lados diferentes dificultou um pouquinho a compreensão!
    Mas amei!
    P.S.- Pode apagar o coment se quiser…

    Beijos

    Responder
    • Anna Camila

      6 jul 2017 às 14h09

      Ops, na verdade foi no rosa frio e quente que ficou trocado!

      Responder
  7. Haydana monteiro

    6 jul 2017 às 21h34

    Oi Gabi, tudo bem?

    Tenho um dúvida, eu acho que a minha cartela é a fria pra roupas. Confesso que digo isso baseado que não fico muito bem em tons como laranja ou amarelo, parece que a roupa está me vestindo,rs, então cheguei nessa conclusão. Pelo seu post eu também deveria usar maquiagens de tom frio, mas eu tenho impressão que minhas maquiagens ficam melhores com tons mais quentes. A pergunta é essa. É possível ser fria nos tons das roupas e quente nas maquiagens?

    Responder
  8. Renata

    10 jul 2017 às 1h21

    Gabi, amo seu blog e seus posts de análise cromática. Sua cartela é deep winter? Se sim, passa todas as dicas pq estamos juntas. <3

    Responder
  9. Pingback: QUIZ :: COR QUENTE X COR FRIA | Consultoria de imagem

  10. Talita

    21 mar 2018 às 19h04

    As cores branca e preto São frios ou quentes?

    Responder
  11. vdfju8gtgf7kghfuvfggyfgbftfugf

    9 out 2018 às 13h36

    legal só q n

    Responder
  12. Andreia dos santos

    11 abr 2019 às 0h34

    Maravilhoso adorei suas postagens

    Responder