MAIS UM MOTIVO PARA FICAR ATENTA À SOBRANCELHA

Consultoria de Imagem
15/06/2018

Caso alguém ainda não tenha notado, tenho uma pequena obsessão com sobrancelha. Se o cabelo é a moldura do rosto, a dita-cuja é a moldura do olho e, talvez por isso, até mais importante. Acho que eu preferiria ficar careca a ficar sem minhas taturanas (sou apegada). Mas além da minha relação de dependência emocional com a minha própria sobrancelha, existe uma questão mais racional por trás disso. Já falei sobre como ela interage com o contraste, lembram? Mas tem mais uma questão vital em torno disso…

Isso não é tão relativo quanto o contaste individual e sim mais uma questão geral de coloração: com a idade a sobrancelha vai ficando mais rala e menos pigmentada. O mesmo processo que acontece com a boca (e que não à toa desencadeia uma enxurrada de preenchimentos). Por isso, é comum o nosso cérebro associar uma sobrancelha muito clarinha a mais idade. Sobretudo quando há um descompasso com os demais elementos de contraste. Se você tem pele clara, cabelo escuro e sobrancelha clara, o efeito é acentuado. Talvez por isso a gente tenha observado um boom nas micropigmentações e afins.

Qual lado do rosto de cada uma destas mulheres parece mais jovial para vocês? Qual lado tem mais ou menos vitalidade? A meu ver, as sobrancelhas mais pigmentadas passam uma imagem mais com mais energia e viço (a palavra que eu mais uso? rs). O efeito é menos sentido em loiras de baixo contraste, claro, afinal é menos discrepante. Mas mesmo em negras sinto uma bela diferença. E como eu falei lá em cima, não é só questão de “idade”. Além da jovialidade, a sobrancelha mais marcada traz uma energia para o rosto. O mesmo efeito de um blushsaúde” ou um lip balm com cor. 

Isso quer dizer que quanto mais pintada melhor? Claro que não. Mas isso serve de lembrete para ficarmos mais atentas. Principalmente agora, no inverno, quando nossos cabelos ficam naturalmente mais escuros. E se você passar maquiagem, por mais básica que seja, não esqueça de maquiar a sobrancelha também. Afinal a maquiagem vai destacar os demais traços, fazendo a sobrancelha se apagar um pouquinho relativamente. Isso sem contar o efeito da base. 

  1. Pincel 212 | 2. Paleta Benefit | 3. Sombra Carbon | 4. Gel de crescimento Marina Smith | 5. Lipocils | 6. Paleta Quem Disse Berenice? | 7. Paleta Eudora 

Para pintar a sobrancelha eu uso o pincel 212 da MAC com um pouquinho da sombra Carbon bem esfumada. Ela é pretérrima – mas meus fios também. Para qualquer outro humano talvez seja melhor um marrom acinzentado ou bege escuro, rs. De qualquer forma eu recomendo usar produtos em mesmo, que acho que esfumam melhor numa área com pelos. Selecionei algumas opções para quem está na busca ou pelo menos considerando, rs. O que acham?

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

MICROPIGMENTAÇÃO :: É PARA VOCÊ?
  1. Ana Em 17/06/2018

    Tenho uma dúvida séria sobre sobrancelha: uso óculos porque a miopia é grave aqui e tô numa vibe de usar armações de acrílico escuras (atualmente azul marinho) e sempre fico com a impressão de que escurecer (maquiar, preencher) minha sobrancelha fica pesado demais, tipo muita informação ali naquela região. É viagem total da minha cabeça ou acontece mesmo?


    Responder

  2. Marise Angelica Moreira Elerati Em 20/06/2018

    Gabi, qual técnica de micropigmentação você acha mais bacana? Você poderia falar mais sobre micropigmentação? Tem questões sobre o traçado e sobre a cor. Confiaria demais ma sua opinião. Beijo


    Responder

  3. Julie B. Em 25/06/2018

    eu, ao mesmo tempo em que acho super importante uma sobrancelha definida, estou com horror às “sobrancelhas de instagram”. acho que tá quase tudo super over…
    outra coisa é que eu fico pensando nessa galera que faz pigmentação e fica com aquela sobrancelha super maquiada full time: quando vai sair de manhã pra academia, de cara lavada, fica parecendo que tinha começado a se maquiar, o prédio começou a pegar fogo e a pessoa fugiu no meio do processo. enfim, coisa minha, mas eu presto muita atenção e, no particular, acho que é mais fácil aprender a corrigir com lápis e sombra sempre que precisar do que ficar o tempo todo com aquele trem escuro estranho no rosto.
    (sei que tem gente que faz micropigmentação e fica escândalo e natural, mas infelizmente o que chama a atenção são as que dão errado :/)


    Responder