Puxar ou dobrar as mangas é uma ferramenta de styling bem disseminada. Algo que certamente todas já fizeram em algum momento da vida. Mas se você é como eu e ama vestir a terceira peça, este detalhe pode ser relevante para a silhueta, além de apenas uma escolha de styling… Sobretudo se você não vive sem blazer, minha peça favorita do armário todo! 

silhueta pulsos a mostra dobrar manga puxar manga blazer

Os pulsos (e o antebraço) são a parte mais fina do seu braço. Por conta disso, deixá-los à mostra cria um efeito que favorece muito a silhueta. O blazer, por exemplo, tem um formato um tanto rígido e bem estruturado. As mangas não são ajustadas em todo o braço. Por isso, para tirar este efeito meio “quadrado” da modelagem, mostrar os punhos pode ser certeiro! E para quem quer dar a impressão de estar mais magra ou até mesmo valorizar este atributo, este é um grande aliado. Até porque o volume da dobra dá a impressão de que o que está de fora é ainda mais fino.

silhueta pulsos a mostra dobrar manga puxar manga blazer silhueta pulsos a mostra dobrar manga puxar manga blazer silhueta pulsos a mostra dobrar manga puxar manga blazer

Eu mesma faço isso sempre, com blazers, jaquetas e cardigãs. Claro que nem todos os tecidos e modelos permitem essa “puxadinha” – que eu gosto ainda mais que a dobra. Mas eu uso sempre que cabe, principalmente em meus blazers tipo boyfriend ou mais largos. Para garantir que as mangas vão ficar no lugar, vale colocar um elástico de dinheiro escondido por dentro. Ele é perfeito para isso, já que não machuca mas mantém no lugar.  

silhueta pulsos a mostra dobrar manga puxar manga blazer

E o melhor é que dá para ser criativo com esse recurso e até usar camadas, dobradas ou não. No inverno, dá para usar uma manga comprida coladinha e puxar ou dobrar só a manga da terceira peça. Fica um charme e tem o mesmo efeito! A vantagem do clima frio é justamente poder experimentar com mais peças, né? O que acham?

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

Não só apenas as roupas e maquiagem que interferem com seu tom de pele, o cabelo tem um grande peso na sua fisionomia também. Por isso, é muito importante escolher uma cor (e corte) que valorize o seu rosto. Volta e meia eu gosto de mostrar como as nossas escolhas influem na percepção da face e uma das últimas vítimas foi justamente a Bella Hadid. Hoje ela está de volta para lançar uma nova tag de consultoria por aqui: “Se esse cabelo fosse meu“… 

9e1835914f022c5676f41c0a9d13a286

A verdade é que eu passo meus dias reparando nesses detalhes. As repórteres da Globonews são meu alvo favorito, rs. Claro que todas são livres para usar o cabelo, roupa e maquiagem como bem entenderem… Sempre defendo isso. Mas ainda assim achei que seria divertido (e inocente) experimentar com as madeixas de algumas figuras famosas que eu sinto que não estão com as melhores opções para si. Começando por Bella Hadid:

bella hadid morena-escuro-2

Nem todo mundo sabe disso, mas Belinha é loira natural. Apesar do seu visual gótico atual, a moça tem fios bem mais claros. Ela não esconde que pintou os fios de uma cor bem escura para se diferenciar da irmã mais velha (aposto que você achava que Gigi era mais nova, né? Eu sim). Tanto ela quanto Gigi Hadid são modelos e, para evitar as comparações, Bella mudou o visual. Acho compreensível e muito inteligente, do ponto de vista da estratégia de branding. Ponto para ela! Mas sempre me “incomodou” a maneira como a tintura destoa dela.

bella-hadid-loira

Eu imagino que seu cabelo natural seja algo assim, ou próximo disso (foi o melhor que consegui fazer com meus dotes de Photoshop, num cabelo tão escuro, rs). Um loiro escuro, provavelmente, talvez mais avermelhado. Se ela quisesse manter esta cor natural, minha recomendação seria fazer algumas luzes ou tomar um solzinho no cabelo e voilà. Foi o que a irmã fez e eu gosto. Mas eu acho sim que é uma boa ideia se diferenciar com um tom mais escuro. Por isso, fiz uma sugestão de ajuste sutil para ela:

bella-hadid-morena-clarabella hadid coloracao-pessoal

Antes & Depois

Sutil, mas com um bocado de diferença na expressão dela (parece até mais relaxada e jovem na segunda). Espero que vocês estejam vendo também no monitor de vocês, rs. Notem que os sulcos da olheira dela ficam mais suaves. A marca próxima da boca mais discreta também. No geral, acho que a pele parece até mais limpa e homogênea. Com o cabelo super escuro, percebo até a pele mais amarelada, sobretudo ao redor da boca. Considere ainda que ela está maquiada. Sem a make, seria muito mais perceptível. 

Ainda que não fizesse diferença na fisionomia do rosto, a segunda opção fica bem mais harmoniosa com o conjunto da Bella Hadid. A sobrancelha mais clara que o cabelo não funciona para ela. Sem contar que a cor atual é muito, muito escura para as características dela. Sempre achei que estava ofuscando o rosto, ao invés de complementar. Talvez ela queira este estilo mais gótico, mas no nosso próximo encontro vou gentilmente dar esta sugestão para Belinha. O que acham?

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

Há alguns dias eu ando observando as escolhas vestimentares da Hillary Clinton nestas eleições e ando com a pulga atrás da orelha por conta disso. Eu sei que muitos canais ficam mensurando as roupas que ela usa como mérito de caráter e eu acho isso errado. Mas como consultora, não pude deixar de observar que tem alguma estratégia por trás de seus looks. E não é um daqueles casos em que a figura usa roupas populares para conquistar simpatia do público, como foi com Michelle Obama e Kate Middleton… É algo sobre as cores!

HEMPSTEAD, NY - SEPTEMBER 26: Democratic presidential nominee Hillary Clinton walks on stage before the start of the first presidential debate at Hofstra University on September 26, 2016 in Hempstead, New York. Tonight is the first of four debates for the 2016 election - three presidential and one vice presidential. (Photo by Justin Sullivan/Getty Images)PHILADELPHIA, PA - JULY 28: Democratic presidential candidate Hillary Clinton acknowledges the crowd at the end on the fourth day of the Democratic National Convention at the Wells Fargo Center, July 28, 2016 in Philadelphia, Pennsylvania. An estimated 50,000 people are expected in Philadelphia, including hundreds of protesters and members of the media. The four-day Democratic National Convention kicked off July 25. (Photo by Paul Morigi/WireImage)US Republican presidential candidate Donald Trump (L) and US Democratic presidential candidate Hillary Clinton listen to a question during the second presidential debate at Washington University in St. Louis, Missouri, on October 9, 2016. / AFP / Robyn Beck (Photo credit should read ROBYN BECK/AFP/Getty Images)

Primeiro eu notei que tinha muito azul, vermelho e branco. Obviamente, são as cores da bandeira americana. Mas não é só isso. Desde o início da campanha Hillary vem usando cores bastante saturadas e vibrantes. Algumas delas que certamente não são da cartela dela, rs. E justo na América, onde a consultoria de imagem é tão difundida e, inclusive, muito aplicada como ferramenta para candidatos políticos…

Na verdade eu não consigo afirmar com certeza qual é a cartela dela sem uma análise cromática. Tenho dois palpites, mas paro por aí. Ainda assim, sei que algumas dessas cores não servem para ela. Por que seus assessores estariam dispensando esta informação tão preciosa para a imagem de um candidato?

nup_172611_0963MIAMI, FL - JULY 23: Democratic presidential candidate former Secretary of State Hillary Clinton attends a campaign rally at Florida International University Panther Arena on July 23, 2016 in Miami, Florida. Hillary Clinton and Tim Kaine made their first public appearance together a day after the Clinton campaign announced Senator Kaine as the Democratic vice presidential candidate. (Photo by Alexander Tamargo/WireImage)EL CENTRO, CA - JUNE 02: Democratic presidential candidate, former Secretary of State Hillary Clinton greets supporters during a campaign rally at the Barcelona Event Center on June 2, 2016 in El Centro, California. With less than a week to go before the California presidential primary, Clinton is campaigning in southern California. (Photo by Justin Sullivan/Getty Images)NEW YORK, NEW YORK - APRIL 10: Hillary Clinton holds a rally at Industry City Brooklyn on April 10, 2016 in New York City. (Photo by Steve Sands/WireImage)PHILADELPHIA, PA - APRIL 25: Democratic presidential candidate former Secretary of State Hillary Clinton greets supporters during a Get Out the Vote rally at Philadelphia City Hall on April 25, 2016 in Philadelphia, Pennsylvania. Hillary Clinton is campaigning in Deleware and Pennsylvania ahead of Tuesday's presidential primaries. (Photo by Justin Sullivan/Getty Images)TOPSHOT - Democratic presidential nominee Hillary Clinton arrives on stage for a rally at the University of North Carolina at Charlotte, October 23, 2016, in Charlotte, North Carolina. / AFP / Robyn BECK (Photo credit should read ROBYN BECK/AFP/Getty Images)

Foi então que, pesquisando, cheguei na resposta: os assessores não estavam escolhendo necessariamente as cores que mais a favorecem e sim as que faziam o melhor contraste com o pano de fundo do evento. Eles chegam com antecedência, avaliam diversas opções e escolhem o tom que a deixa com mais “vitalidade“. Faz muito sentido, sobretudo se você considerar que em comícios todos a vêem de longe. E mesmo num debate, você precisa parecer mais “destacado” que seu opositor. Essa foto explica bastante da estratégia da equipe da Hillary Clinton:

636125939193846224-pc102016-al-smith-6

Para quem pensa que isso é bobagem, vale lembrar da disputa pela presidência entre Kennedy e Nixon. Neste caso, a imagem dos candidatos desempenhou um papel tão grande que muitos atribuem o resultado à essa discrepância. Num dos debates decisivos, Kennedy usou um terno azul marinho enquanto Nixon usou um terno pastel. Contra o fundo cinza, na televisão em preto e branco, Nixon parecia debilitado perto de Kennedy. Se a história ensinou algo aos assessores de políticos, a galera da Hillary Clinton aprendeu direitinho. 

NEWARK, NJ - JUNE 01: Democratic presidential candidate Hillary Clinton stands on stage with singer Jon Bon Jovi at a rally on June 1, 2016 in Newark, New Jersey. Clinton will head back to California tomorrow where she is in a tight race with Democratic challenger Sen. Bernie Sanders (D-VT). (Photo by Spencer Platt/Getty Images)

As eleições americanas acabam hoje e eu espero mesmo que todos os esforços tenham sido suficientes para eleger a Hillary Clinton, rs. Vamos adiar o apocalipse por mais alguns anos, rs… 

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS