VIRTINE :: 10 BLUSAS PARA O VERÃO QUE COBREM O BRAÇO

Estilo
13/01/2018

Cada dia mais eu percebo que os meus perrengues vestimentares e os de vocês são bastante similares. Uma coisa que é tormenta certeira é encontrar blusas que tapem meu braço de biscoiteira mas que não se transformem na sauna do Capiroto no verão (sobretudo o carioca). A solução mais óbvia são as camisetas. Mas quem pode viver só de t-shirt? Eu adoro e tenho muitas… Mas uma variedade é fundamental!

Quando eu digo braço, não me refiro ao antebraço. Todo mundo sabe que a gordura e a flacidez se instalam mesmo é naquele vão sob o bíceps e o tríceps. O famoso tchauzinho, que eu respeito, mas detesto. No meu caso, tenho tanto a gordura quanto a flacidez (e não me venham com essa história de que malhar resolve, porque não tem nem músculo ali naquela cavidade – se você é profissional da área, resista à tentação de me corrigir, por favor, rs). Por isso, prefiro um tecidinho estratégico (e umas sessões de Vênus Legacy, se possível). Sei que não estou sozinha! Então dei uma olhada na web, nos sites que mais entro para ver o que tem de bom, considerando modelagem:

Bata Vichy Amaro :: R$109,90

Batas são sempre uma boa pedida no verão. O corte mais soltinho ajuda a manter o frescor. O problema é que muitas batas não têm um corte bacana e engolem a nossa silhueta. Gostei desta com lastex (tendência forte, inclusive) e vichy (idem) que tem um corte que marca até abaixo do peito, como um corte império. Assim não viramos aquela tenda de circo. Além disso é de algodão. Tecido natural é sempre preferível. Compraria se não fosse o tamanho. A Amaro precisa aumentar a grade com urgência.

Blusa de paetês bronze Amaro :: R$49,90

Não deixa de ser uma camiseta, né? Pelo menos está toda coberta de paetês! E olha este preço. Tem em prata também, para quem é de pele fria como eu. Não diria que é a melhor modelagem do mundo. Poderia ter mais cintura ali. Mas dependendo do tipo físico e da parte de baixo não atrapalha tanto. Eu uso bastante brilho e acho um ótimo curinga – ainda mais para sair à noite. Obs: para as minhas clientes de pele opaca: não comprem este paetê brilhante, ok? Procurem o fosco.

Blusa estampada Amaro :: R$109,90

Eu adoro esta estampa. Não deixa de ser uma camiseta também, mas o tipo de tecido deixa um pouquinho mais arrumada. O único problema é que não consegui descobrir a composição do tecido. 

Blusa de tricô transpassada Amaro :: R$149,90

Não precisa ser tudo larguinho para cobrir o braço também… Este modelo dá uma cobertura só nas áreas de maior risco, rs. É de tricô, o que já deixa mais arrumadinha. Mas novamente sem informações da composição. Melhorem isso galera dos e-commerces!

Blusa de Laise Amíssima :: R$329,90

O verão trouxe a laise de volta ao seu ápice e eu sou fã. A tendência está bem pronunciada! Acho alinhado e confortável. Sem contar que é 100% algodão, até no forro, felizmente. Acho um charme!

Bata de laise Amíssima :: R$307,90

Mais uma de laise, 100% algodão. Parece preta na foto, mas eles dizem que é azul marinho – que a gente já sabe que é ótimo. Adoro decote ombro a ombro e ainda fica ótimo para o meu tipo físico que é triângulo, porque amplia os ombros visualmente.

Blusa ‘2Essential :: R$228,90

Quem disse que não rola alfaiataria no verão? E esse modelo ainda é de viscose, algodão e linho. Mais verão impossível! É fresquinha e eu acho super elegante! Só não estou botando fé no compartimento do busto, rs. Me parece meio estreito para mim…

Blusa estampada Maria Filó :: R$256,90

Viscose com seda! Ai que alegria ler esse tipo de composição. Eu adoro viscose. Só amassa um bocado, né? Mas é tão fresquinha! E a manga solta assim mal encosta na pele.

Blusa em Cambraia Mob :: R$264,90

Mais um decote ombro a ombro, mas desta vez diferente das blusas tipo ciganinha. Tecido misto de algodão, viscose, linho e elastano… Perfeita! E é mais uma que nem encosta na pele. Só faltou uma cintura mais acentuada para ficar perfeita.

Bata terracota Bo.Bô :: R$238,90

Mais um tipo de bata, com alças! Eu acho essas melhores para quem tem ombros largos mas não quer abrir mão de usar blusas de decote ombro a ombro. Adorei essa cor! Uma pena que eu não possa usar. Esta é 100% viscose. Vai dar uma amassada mas eu considero que linho e viscose têm licença poética, rs. E pelo menos é bem fresquinha para o verão.

Claro que essas são apenas algumas blusas que avistei nos sites que mais visito… Mas mesmo para quem não pretende adquirir nada, já serve de referência para o que procurar no shopping no futuro. O mais importante aqui é achar blusas que conservem a privacidade dos braços de biscoiteira e que tenham tecidos de composição mais natural – ou seja, que não esquentam. Se vir “acrílico“, corra! O que acharam? 

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

15 PIJAMAS BEM LINDOS PARA VOCÊ PASSAR O CARNAVAL
BLUSAS BÁSICAS DE SEDA DE ATÉ R$250,00
7 DICAS PARA PARAR DE COMPRAR ROUPA À TOA
ONDE COMPRAR QUIMONO

3 LOOKS DO CRITICS’ CHOICE AWARDS 2018

Estilo
12/01/2018

Amo janeiro porque tem premiação dia sim, dia não! A poeira do Globo de Ouro nem baixou e já temos outro red carpet! Desta vez não vou fazer um post completão, até para não esgotar o tema precocemente, mas selecionei 3 looks que eu gostaria muito de comentar e apreciar. Eu não assisti à premiação do Critics’ Choice 2018 e não consegui me inteirar ainda da cerimônia ou dos vitoriosos. Então hoje é só look mesmo, rs: 

Angelina Jolie foi num Ralph & Russo (eu construiria um monumento para louvar esta marca) branco e repetiu as plumas do Golden Globe para o Critics’ Choice. Eu fiquei maravilhada com este look. Depois dividida. Depois amei de novo. Meu dilema é que nas fotos ela parecia amarela com a cor. Por fim, percebi que estavam todas amarelas e que era culpa da luz das fotos, rs. Mas encontrei esta imagem que não estava com a luz distorcida e pude gostar de novo. 

Eu não sei se Angelina tem branco na sua cartela, eu diria que é uma possibilidade. Pelo menos em matéria de contraste a coisa toda ficou perfeita. O batom forte foi a escolha perfeita para coordenar com o branco puro (que pode não parecer, mas contrasta bem porque é vivo). A modelagem é impecável e ajuda a dar alguma volúpia para ela que está tão magrinha. A assimetria é um bom trunfo para usar este comprimento quando se é mignon. 

Neste momento talvez vocês se perguntem que tipo de drogas pesadas eu tomei no café da manhã. Mas antes de rejeitar este look Delpozo da Kiernan Shipka (a filha mais pentelha de Don Draper em Mad Men) pense que ela tem apenas 18 anos. O que eu espero de uma adolescente num red carpet? Exatamente isso. Um look lúdico, criativo, colorido e tudo isso sem perder a beleza e a elegância. Nota 10 para ela que não fez a Millie Bobby Brown (amo nossa Eleven mais do que ela ama Mike, mas tem rolado uma adultização meio esquisita) e foi com uma roupa divertida e fashionista ao mesmo tempo. Aliás, uma boa maneira de incorporar a tendência dos tons sorbet. Adorei que casou com cabelo comportado e sapato metalizado – item universal. Gostam deste look também ou estou míope?

Eu não sei porque mas sinto uma serotonina forte quando olho para esta imagem de Jessica Biel em seu Oscar de La Renta. Pode ser porque eu acho ela a mulher mais “pacote completo” em matéria de beleza/corpo da indústria (Deus, pode me mandar assim na próxima vida, ok? Mas com um marido melhor). Pode ser porque eu amo a marca também. Pode ser porque eu fiquei obcecada por The Sinner (vejam!). Mas além dessas coisas, acho que o look todo foi muito bem resolvido. Eu não teria usado preto para ela. Mas a transparência logo abaixo do rosto e as pitadas de rosa e vermelho (par perfeito) deram uma ajustada certeira na cor. E a simetria com o batom é muito satisfatória. Para quem não tem preto na cartela, pode seguir o passo-a-passo! Preferi este do Critics’ Choice ao do Golden Globes. E vocês? 

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

ENGANANDO O CONTRASTE COM CARA DELEVINGNE
POST DEFINITIVO SOBRE CONTRASTE & COLORAÇÃO PESSOAL
QUÃO IMPORTANTE É A MAQUIAGEM PARA O SEU CONTRASTE?
AMFAR 2017 :: ANÁLISE DOS LOOKS

CARA DE CARO :: ESCOLHENDO UM SAPATO

Estilo
11/01/2018

Um dos posts recentes do blog foi sobre o tal “Cara de Caro“. Para quem não está por dentro (sugiro ler o post completo) esta minha expressão de patente pendente é o que digo quando falo sobre o aspecto das peças, independentemente do seu preço real. Afinal, o que importa é a imagem final e não valor da etiqueta, certo? Como quando eu entrei na Armani vestindo um blazer da Zara e o vendedor me perguntou se o dito cujo era de lá, rs. Assim como já vi um monte de peças caríssimas com um aspecto bem chinfrim. Esse tipo de ilusão efeito é quando temos percepção de qualidade e beleza superiores, sem considerar seu custo. Suponho que um produto da Chanel ainda teria “Cara de Caro” sem a identificação, certo (embora nem sempre)? Mas quem disse que não podemos fazer isso numa loja mais acessível? Por exemplo, os sapatos:

    

Solado na cor do sapato :: Isso não é muito o caso para botas e scarpins. Mas para sapatos mais abertos, acho fundamental (muito embora nem sempre consiga). Uma rasteira preta com palmilha bege não passa uma aparência muito sofisticada, né? Eu tenho esta implicância e acho que tem algum fundamento quando o assunto é ter Cara de Caro. 

• Sola de baixo :: Prefira sola de couro ao invés das de borracha. Pode ser um divisor de águas. Principalmente se fica uma rebarba aparente de cima.

Ambos são da Tory Burch

• Ferragens :: Também vale para bolsas! As ferragens de um sapato são determinantes para um aspecto mais Cara de Caro. A cor do metal tem que estar bonita, o peso do material não pode ser leve demais e logotipos não devem ser muito desproporcionais. 

• Estampa x Bordado :: Bordado me parece sempre mais elegante que o estampado. Claro que existem casos e casos. Mas no geral costuma ser assim. Eu não sou a maior fã de desenhos muito simplistas. Prefiro algo mais sutil ou mais estilizado. Desenhos muito na vibe emoji eu considero um tanto infantil. Não há nada de errado com isso… Mas não é a opção mais sofisticada do mundo também.

• Onça de pêlos :: Para animal prints, evite as estampas e prefira as texturas. Cabedal de cobra com textura de cobra ao invés de algo apenas impresso. Faz uma diferença brutal. 

• Meia-pata :: Para mim o sapato sem a meia-pata é infinitamente mais elegante. Mas eu entendo que o conforto é louvável. Minha sugestão é evitar meia-pata muito alta ou muito evidente.

• Tendência :: Não falo de modismos passageiros. Aliás, vários desses passam longe da sofisticação. A idéia é que o modelo seja atual. Não acho que peep-toe se encaixa no momento atual… Para alguns é clássico. Eu estou achando um tanto distante do seu ápice agora. Mas quem sabe não volta?

Pode ter uma interferência do meu gosto pessoal no post? Sem dúvida. Mas acho que parte do motivo de eu preferir tal ou tal coisa é justamente por conta desse elemento “Cara de Caro”. Claro que nada disso é regra ou mesmo determinante em absoluto. Existem casos e casos. Mas acho que já dá para entender mais ou menos uma parte do critério. O que acham?

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

O EFEITO PÉ DE PORCO
5 PEÇAS PARA SE MANTER ELEGANTE NO CALOR DO VERÃO
QUIZ :: CARA DE CARO | ESTAMPA
DE QUANTOS SAPATOS VOCÊ PRECISA?