CONSULTORIA DE IMAGEM X PERSONAL STYLIST

Consultoria de Imagem
25/01/2018

Muita gente não sabe dizer exatamente qual é a diferença entre uma consultora de imagem e uma personal stylist. O que nem é o pior dos cenários, já que a maioria das pessoas nunca sequer ouviu falar em Consultoria de Imagem, rs. E sim, estou tentando reverter isso aos pouquinhos… Mas pelo menos a distinção entre esses dois eu posso esclarecer já. Consultor e personal stylist são a mesma coisa?

CONSULTORIA DE IMAGEM X PERSONAL STYLIST 

A resposta curta é não. A resposta longa mostra que existem muitas similaridades e um mesmo objetivo. O que muda é o método e o que você recebe de cada um, resumidamente. O personal stylist é alguém que, como o nome sugere, elabora um estilo para você. Outra parte do trabalho deste profissional é selecionar as peças por você. O stylist define a imagem que você vai passar ou quer passar e traz soluções prontas. 

CONSULTORIA DE IMAGEM X PERSONAL STYLIST

Já a Consultoria de imagem trabalha com mais técnica: análise cromática, análise de estilo pessoal, de tipo físico e de rosto. A partir das análises técnicas, ela elabora linhas guias para você aprender a atingir um determinado visual. O personal stylist pode ter algumas noções destas técnicas, assim como a consultora precisa saber elaborar looks, saber truques de styling, fazer boas compras e a pensar fora da caixa um pouquinho – até porque parte do serviço inclui personal shopping e montagem de looks.

 

Tipos Físicos

É possível que você precise da ajuda dos dois profissionais? Sim. Algumas atividades se sobrepõem, claro, mas não quer dizer que ambos façam a mesma coisa. Num mundo ideal, temos a Consultoria de Imagem ajudando no diagnóstico e a personal stylist fazendo um garimpo cotidiano das peças que atendem a este fim. Você pode ter alguém te ajudando a revelar sua personalidade e melhores traços e também alguém que corra atrás das peças para você. Quem tem a vida muito atribulada ou quem não curte ter que lidar com isso (existem pessoas assim e tudo bem) pode delegar a parte mais prática da consultoria ao final do processo. 

 CONSULTORIA DE IMAGEM X PERSONAL STYLIST

Quais as principais vantagens de cada um? O personal stylist traz soluções prontas para você, roupa e looks. A desvantagem é que você tem uma certa dependência do profissional e não talvez não tenha uma solução totalmente customizada para seus traços e gostos. É importante achar alguém alinhado com a sua personalidade. Lembram da Anitta tropeçando de um estilo para o outro no início da carreira? Demorou até a coisa engatar certeiro. Já na consultoria o gosto pessoal não influi tanto porque se respalda muito na técnica (claro que o ideal e ter alguém com que você se identifique, mas é menos fundamental). Além disso, o Consultor de Imagem tem mais ferramentas para definir elementos de beleza. Cabelo, maquiagem

CONSULTORIA DE IMAGEM X PERSONAL STYLIST

Análise Cromática

É possível que um profissional consiga lidar com as duas áreas? Sim. Uma pessoa pode atender nas duas áreas. Eu mesma faço alguns serviços avulsos de styling. No entanto, busco atender apenas quem já é minha cliente. Assim eu tenho mais repertório. Fazer só o personal styling não é muito a minha praia. Mas eu imagino que tenha gente que possa fazer os dois. Com uma clientela fixa talvez seja mais fácil conciliar.

Deu para compreender um pouquinho mais das similaridades e diferenças das duas profissões? Ou, mais importante, conseguiu identificar qual atende mais a sua demanda? Bom mesmo seria ter os dois, né? Sucesso garantido com nenhum esforço (exceto o financeiro, né), rs.

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

A MULHER, O TRABALHO E A CONSULTORIA DE IMAGEM
KATE MIDDLETON E A CRISE DO VESTIDO
QUAL É O SEU FORMATO DE ROSTO?
COMO É SUA RISCA DO CABELO?

7 DICAS PARA PARAR DE COMPRAR ROUPA À TOA

Comportamento
24/01/2018

Comprar é muito bom, pelo menos para a maioria de nós. Há quem discorde. Mas a ciência já mostrou que ativa o sistema de recompensa do cérebro. Não é à toa que tem tanta gente que gosta de comprar ou até que perca o controle em relação a isso. Já tive algumas clientes assim e hoje tenho muito orgulho delas quando eu vejo o quanto melhoraram seus hábitos de consumo com roupas, acessórios e até maquiagem. Sei que pode ser bem difícil… Por isso pensei em 7 dicas que podem ajudar quem está numa situação parecida:

comprar  

1) Limpe o armário :: Para saber o que você tem e o que você precisa de fato é preciso enxergar todas as peças lá dentro. Se tiver um bolo de roupas entulhado no fim do armário, provavelmente você não vai usar nada daquilo nunca. Sem contar a possibilidade de comprar repetido. Vocês nem imaginam a frequência com que isso acontece.

2) Pare de parcelar, pague no débito :: O parcelamento é sim um advento maravilhoso do comércio brasileiro. No entanto, ele pode viabilizar compras que normalmente você não faria. Isso sem contar as coisas que compramos e esquecemos que ainda temos que pagar 4 meses depois, rs. Saia dessa bola de neve e pague à vista, se puder, ou não compre.

3) Versatilizar as peças :: Segmentar o guarda-roupa em ocasião social é a maneira menos versátil de usar suas roupas. Se a roupa de trabalho é só para o trabalho e a de lazer é só para o lazer, você vai precisar do dobro de roupas. Tente dar novos propósitos para suas peças. Misture blazer com jeans, alfaiataria com camiseta, vestido arrumado com rasteira, etc..

4) Tenha uma lista de compras :: Saiba o que está realmente fazendo falta no armário. Quase nunca é uma jaqueta de paetês rosa… Geralmente é um sutiã cor da pele, uma blusa marinho. Então fica essa dica, rs. E anote! Se não precisa de nada, não compre.

5) Descarte uma peça sempre que comprar algo :: Pense no que vai ter que descartar ao comprar algo. Assim você vai pensar duas vezes se o que você está levando é fundamental mesmo. 

6) Só compre se pensar em pelo menos 5 looks :: Se não conseguir pensar em ao menos 5 maneiras diferentes para usar sua peça nova, nem leve para casa. Esqueça aquela história de comprar “para usar com aquela saia tal”. Tem que ter pelo menos cinco variações para esta frase.

7) Faça um jejum de compras :: Não precisa ser um grande compromisso. Tenha metas realistas. Se 15 dias sem comprar é uma superação para você, então comece com 15 dias. Aos poucos você pode ir aumentando e quem sabe conseguir ficar 6 meses ou 1 ano. Eu já fiquei e é possível sim.

Sei que ano novo inspira sempre mudanças então pode ser um bom momento para interromper um hábito ruim. Isso não quer dizer que você precisa parar de comprar para sempre ou que comprar seja sempre ruim. Mas é justamente uma oportunidade para conseguir ter mais critério e quem sabe até investir em algo melhor que você quer ou precisa… Como é a relação de vocês com as compras?

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

BLUSAS BÁSICAS DE SEDA DE ATÉ R$250,00
VIRTINE :: 10 BLUSAS PARA O VERÃO QUE COBREM O BRAÇO
ONDE COMPRAR QUIMONO
CUIDADO COM A LIQUIDAÇÃO!

ALTA-COSTURA PRIMAVERA 2018 :: JÁ TEMOS TENDÊNCIA!

Sem categoria
24/01/2018

Ainda é janeiro e a semana de moda de Alta-Costura começou esta semana em Paris. Em tão pouco tempo, seria possível já extrair uma tendência diante do que surgiu nas passarelas? É sempre mais difícil tirar inspirações de desfiles de Couture, porque não deixa de ser uma coisa pouco tangível para a maioria e quase totalidade de nós. Felizmente, não é o caso do item mais omnipresente nos desfiles até aqui: o véu!

Quando Chanel, Dior, Ralph & Russo e Alexandre Vauthier desfilam um mesmo acessório com um intervalo de poucas horas, no mínimo a gente fica atenta, né? Afinal, já aprendemos desde cedo que não existe coincidência Fashion. A verdade é que ainda não consegui me atualizar por completo do que rolou nesses dois dias de Fashion Week (aliás, recomendo a cobertura do Fashionismo no blog e stories). Ainda assim, senti um clima de déjà vu com as tais redinhas:

Dior

Ralph and Russo (te amo, me casa!)

Chanel

Alexandre Vauthier

Não sei exatamente como chamar. Se é véu ou se é mesmo uma redinha, rs. Só sei que estão nos vendendo este peixe. O que a gente faz com isso, já são outros quinhentos… A verdade é que achei um charme! E dá para incorporar de um jeitinho ou de outro, nem que seja só ao penteado. Além disso, a hora não poderia ter sido melhor, já que o carnaval está logo ali. E outra vantagem é que fazer um para você não vai custar quase nada. Se você preferir comprar pronto, tem também, sobretudo no Ali Express:

Fascinator

Touca

Casquete

Pena que não tem mais Accessorize por aqui. Eu já tive uma de lá linda (mas acho que já não tenho mais). Se for buscar na web, sugiro que procurem por Voilette ou Casquete. Vocês usariam a tendência? Só no carnaval ou nem assim? Eu provavelmente não colocaria para ir ao cinema… Mas numa festa, por que não? Pode ser uma boa maneira de trazer um diferencial para um vestido mais simples. Uma pitadinha de dramaticidade que eu tanto gosto. Não precisa ser exclusividade das covers de Madonna, rs.

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

PORQUE EU IMPLICO COM O TÊNIS BRANCO
TENDÊNCIA :: OS ÓCULOS PEQUENOS E VOCÊ
TENDÊNCIA DE INVERNO 2018 :: TARTAN
TENDÊNCIA :: A BOINA E VOCÊ