YANNA LAVIGNE, O CABELO RUIVO E COLORAÇÃO PESSOAL

Consultoria de Imagem
03/03/2018

Se há poucos dias eu estava aqui dissertando sobre o cabelo loiro da Fernanda Paes Leme, hoje trago algo potencialmente mais prejudicial: o ruivo da Yanna Lavigne. E ambos os casos foram para uma mesma ação de tintura de cabelo. Acho que é quase unânime a reação das pessoas com esta transformação. Não vi muita gente apreciando, infelizmente:

Na minha cabeça, essas duas transformações depõem contra a marca. Não consigo nem achar um jeitinho de usar que me faça gostar mais. Dito isso, eu imagino e entendo que eu não sou o demográfico que esta campanha pretende atingir. Por isso é de se esperar uma certa rejeição de quem pensa como eu. E não é só por conta da Análise Cromática não. Acho que antes mesmo de eu saber o que era isso já não curtia essa mistura de tom de pele com um ruivo tão aceso

Apesar disso, é muito linda sim!

Ainda assim, do ponto de vista técnico, apesar de não ter uma regra ou lei, acredito que o ruivo colorido só funciona em pessoas coloridas (e não necessariamente todas elas). Calma que eu explico. Ontem me perguntaram se alguém poderia ficar bem com esse tipo de ruivo. Na hora pensei em Julianne Moore. Ela já usou potencialmente todas as variedades de vermelho no cabelo e raramente se sai mal. Eu atribuo isso ao seu colorido natural

 

Aliás, loira ela não fica tão mal assim , mas perde e muito para o ruivo, né? Por mim ela jamais deixaria de ter cabelo avermelhado. Qualquer um fica melhor que loiro ou castanho. Lembram da Dakota Johnson? Eu elegi um ruivo para ela no “Se esse cabelo fosse meu” que ela protagonizou. Acho que o colorido do rosto também explica no caso dela. Não só o de Dakota, como ainda o de algumas celebs que já experimentaram o ruivo com certo êxito:

Não estou entrando no mérito da cartela, apenas observando como ter traços coloridos pode coordenar bem com o cabelo vermelho. Isso explicaria porque a Rihanna fica um bocado melhor ruiva do que a maior parte das negras e morenas. O que não quer dizer que eu a prefira assim (ou as demais), rs. Esta semana eu estive no curso de formação em Análise Cromática da Dresscode e aprendi uma nova terminologia em relação ao “contraste colorido“. Vou estudar mais um pouco sobre ainda, mas sei que seria algo que colocaria em termos técnicos esta minha teoria. No caso da Yanna Lavigne, ela é tem uma cor mais homogênea entre seus traços. Por isso eu acredito que não cabe um tom de vermelho. O que acharam da transformação?

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

COLOR WHEEL :: COMBINANDO CORES
A COR DE SOMBRA PARA A SUA COR DE OLHO
A COR DO BATOM DA NIINA SECRETS PARA A MAC
CABELOS BRANCOS :: QUANDO É A HORA?

TENDÊNCIA :: LAÇO NO CABELO SEM PARECER CRIANÇA

Beleza
31/01/2018

Está rolando um revival do laço no cabelo. A temporada de tapete vermelho é a maior evidência da força desta tendência. E não são só as estrelas mirins como Millie Bobby Brown ou Sadie Sink (ambas da fabulosa Stranger Things) que adotaram. Nos últimos tempos rolou uma profusão de laços! Até a materialização do perfeito, mais conhecida como Margot Robbie, incorporou o tal laço no cabelo:

Laço no cabelo

Outro lugar que tem mostrado muitos lacinhos é o perfil da Jennifer Behr. Lembram dela dos tempos de Gossip Girl? Eram dela as tiaras mais deslumbrantes que a gente via na cabeça da Blair. E ela continua produzindo as coisas mais lindas e caras! Dentre as mais recentes, muitos laços de cabelo, incluido os que a Millie Bobby Brown usou no SAG Awards 2018

 

A post shared by JENNIFER BEHR (@jenniferbehr) on

Mas qual é o grande risco desta tendência? Justamente o de parecer uma criança. E isso é ótimo quando você é uma Millie. Mas quando se é adulta um laço no cabelo pode comprometer sua credibilidade, rs. Se você discorda, acha bobagem ou isso não é importante para você, tudo bem. Do contrário, sugiro seguir algumas dessas estratégias de styling:

    

• Penteado baixo :: Imagine um coque alto com um laçarote. Difícil não passar uma imagem infantil. Mas e se for um coque ou um rabo de cavalo baixo? 

• Laço de amarrar :: Quanto mais perfeitinho o laço, mais chance de ficar infantil. Dependendo da cor, pode ficar bem menininha mesmo. A tendência de agora é um pouquinho mais displicente. Uma fitinha de veludo amarrada e voilà! Quero tentar uma de couro também!

• Laço preto :: A cor menos infantil do mundo é preto. Então nada melhor que um laço preto. Mas não esqueça da sua coloração! Se você não tem preto na cartela ou contraste para ele, melhor manter ele atrás da cabeça mesmo.

• Cabelo bagunçadinho :: Lembra da tal displicência que eu citei agora pouco? Vale para os fios também. Observe o penteado da Margot Robbie lá em cima e vai ver que ela acordou daquele jeito, rs. Mas a gente pode fazer um pouquinho melhor que aquilo, né?

• Pense bem na roupa :: Usar o laço com uma roupa de couro, com uma bota… Enfim, elementos mais pesados em geral podem ajudar a dar uma quebrada no ar infantil. Elementos do armário masculino também ficam bem interessantes.

Use apenas uma das recomendações, use todas… A escolha é sua! Afinal essas opções são cumulativas, rs. Apesar do risco envolvido, achei essa tendência capilar super charmosa e elegante. Tem um lado lúdico mas também uma certa sobriedade. Mesmo eu que não sou nada romântica (no estilo, que fique claro – quero romance no resto, rs) estou pensando em adotar unzinho. O que acham do laço no cabelo?            

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

COLOR WHEEL :: COMBINANDO CORES
TODO CABELO LINDO É LINDO PARA VOCÊ?
LEIGHTON MEESTER E O CABELO PLATINADO
SE ESSE CABELO FOSSE MEU :: JULIANA PAIVA

COMO É SUA RISCA DO CABELO?

Beleza
30/01/2018

Dentre os pedidos de posts que eu recebo, uma boa parte é perguntando sobre questões em torno do formato de rosto. Se vocês observarem, não falo muito sobre isso no blog. Não é que eu não tenha interesse ou qualquer coisa assim… Mas para formato de rosto sinto que o diagnóstico é mais complexo (o que não quer dizer difícil). No tipo físico são apenas 5 variantes, supondo que a pessoa não tenha mais de uma demanda de proporção. Já no rosto, são 9 formatos! As chances de um post levar alguém a fazer besteira são bem maiores. Isso sem contar que todo mundo sempre acha que tem rosto redondo, rs. Por isso, tenho cautela extra. Mas recentemente vi um post do Refinery29 sobre a risca do cabelo que achei que dava para compartilhar:

Antes | Depois

Eles chamaram um cabeleireiro para mudar a risca do cabelo de algumas mulheres e não muito mais que isso. Quem é minha cliente já deve ter recebido no manual alguma informação sobre isso, ou uma sugestão de penteado. Muitas vezes comento sobre a risca do cabelo. Neste caso, ele considerou alguns fatores mais cabeleireirísticos (#neologismo), como os redemoinhos e sentido do crescimento. Ainda assim, eu diria que acertou bem no quesito proporção de boa parte delas…

Antes | Depois 

Antes | Depois 

Antes | Depois 

Eu achei todas essas transformações bem-sucedidas. As mulheres ficaram mais sofisticadas e com mais harmonia, não acham? E isso foi só mudando a risca do cabelo de lugar. Eu mesma tenho total consciência de que sou outra pessoa dependendo de como uso o cabelo. Observem que diferença brutal:

SOCORRO. Melhora um pouco se botar uma parte atrás da orelha, rs.

Jogadão (e só fica assim para esse lado)

Boa moça (que eu adoro)

Se eu usasse meu cabelo repartido ao meio, apesar de eu ter o rosto oval (que é proporção ideal), sinto que ele fica muito achatado em cima. Isso porque meu fio é liso na raíz e ondulado na ponta. Por isso eu busco sempre jogar ele para o lado e até manter sem risca do cabelo visível. Ou, alternativamente, faço o cabelo que eu chamo de “boa moça“. Até fiz um videozinho no Instagram mostrando como eu faço. Ninguém deu muita bola para ele porque parece um tutorial bobo. Mas a intenção era justamente falar sobre a mudança no visual, com tão pouca intervenção!

 

A post shared by Gabriela Ganem (@gabriela.ganem) on

Eu não sei se conseguiria resumir todas as recomendações em algum post um dia. Minha sugestão é que vocês vejam esses exemplos acima e simplesmente experimentem sair da rotina e fazer umas tentativas diferentes com a risca do cabelo. Saiam um dia com uma versão diferente e observem as reações (incluindo a sua própria). Pode ser que vocês mudem de penteado… O que acham?

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

CABELOS BRANCOS :: QUANDO É A HORA?
UMA BREVE ANÁLISE DO VESTIDO DE NOIVA DE MEGHAN MARKLE
OS MEHORES LOOKS DO MET GALA 2018 SEGUNDO EU MESMA
5 DECOTES PARA ROSTO REDONDO ILUSTRADOS POR OLIVIA PALERMO