OS MEHORES LOOKS DO MET GALA 2018 SEGUNDO EU MESMA

Estilo
08/05/2018

Rolou nesta última noite um dos eventos mais badalados do ano para fashionistas e notórios, o Met Gala 2018. Este é o baile anual da revista Vogue no famoso museu em NY. Quem já assistiu a Diabo Veste Prada provavelmente sabe do que se trata… A ocasião é uma espécie de festa temática e, em 2018, o tema foi sobre criaturas celestes, uma referência ao catolicismo. Pessoalmente, adorei esta inspiração! Roupas religiosas são sempre inusitadas e rendem boas ideias para uma festa deste porte. Lembrando que, para quem não sabe, nesta festa tem um grande tapete vermelho (bege, né?) com looks bastante dramáticos. E existe coisa mais interessante na moda? rs.

Blake Lively costuma ser mesmo um centro das atenções no Met Gala e a expectativa é sempre enorme para ela. Ainda assim, nada poderia nos preparar para o que estava por vir… Nem os mais elaborados figurinos de época já tiveram algo tão espetacular quanto seu Atelier Versace. O que eu mais gosto é que, embora seja quase uma fantasia, os detalhes diferenciam para dar aquela abordagem fashion. Amei o caimento, a transparência na virilha cavada e o decote, devidamente equilibrados com bastante pano, rs. Sem contar que a cor é perfeita. Entrou para a história do evento. Parabéns Blake! Agora me empresta… E obrigada por não usar preto.

Zendaya é uma entidade fashion e não decepcionou nem um pouquinho. Aliás, diria que teve a melhor ideia para um evento com tema de “igreja católica”: Joana D’Arc. Que ícone! E que execução nesta roupa… Dá para ver a referência nitidamente (a peruca ajuda bastante também, embora esse ruivo com o prata tenha me dado um certo nervoso). Parabéns e Obrigada por existir.

Se esta não foi o melhor look da Kim num Met Gala, eu não sei qual foi. Algumas pessoas me mandaram mensagem falando que ela estava igual à Monica Belucci. Acho que não existem elogios muito melhores do que este. Eu adorei tudo e não mudaria nada! A maquiagem está um espetáculo, o cabelo está indefectível e o Versace vestiu como cinta modeladora. Aliás, falando em cabelo… Muitos apliques nesta festa. Acho que cabe com o tema e nem senti a rejeição habitual que costuma bater quando vejo um cabelo de um quilômetro.

Diane Kruger é outro ícone deste tapete vermelho e não ficou atrás desta vez. Acho que nem todo mundo vai apreciar mas eu adorei. Esta cor é sublime para ela e me lembra muito essa coisa celeste do tema. Adoro que ela sempre ousa e dá certo. Maravilhosa!

Eu não vou dizer que este amarelo é perfeito para Amanda Seyfried e também não vou dizer que não é. Dependendo da foto (e do flash na moça branquela) a coisa funcionava ou não. Mas eu vou não consegui não amar esse look para ela. Eu adorei o caimento, o contraste, o cabelo. Ela ficou jovial e feminina. Deu muito certo.

Bea Schaffer para quem não está familiarizada é ninguém menos que a filha do diabo, digo, Anna Wintour. Ela sempre tem uns looks maravilhosos e desta vez, apesar de não ter investido tanto no fator “fantasia”, acabou me ganhando com seu Valentino vermelho-valentino. Eu não sei o que é sobre este vestido mas eu fiquei hipnotizada. Acho que é o ombro caído com um laçarote. Ficou muito bonito. Sem contar que a cor está na mosca, pelo menos no contraste. Acho que este é o tom de vermelho perfeito. Katy Perry não foi tão reverenciada quanto Riri mas eu diria que a roupa está num patamar de igualdade. Eu amei e aprecio o investimento neste look de anjo, super ambicioso. Ainda sinto saudades de Katy morena, mas pelo menos a coloração ficou equilibrada. Arrasou!

Francisco poderia oferecer um co-papado para nosso ícone mais icônico vestida de Papa. Aliás, chegou no Met Gala num Papa-móvel e eu morri de rir (tem registro nos stories). E mais do que esta roupa impecável de uma tonelada de bordados criada por Galliano para a Margiela, Rihanna tem atitude que transcende a própria roupa. Não tem para ninguém. Falando em Galliano, eu sei que o que ele fez é imperdoável, mas eu senti saudades do seu talento, confesso.

Eu acho que este tapete vermelho do Met Gala foi um sucesso… 2018 vai dar trabalho para 2019! Eu diria que o tema ajudou muito e estava na hora da moda resgatar uma coisa mais barroca e menos minimalista. Pelo menos eu estou pronta e ansiosa. E também seria ótimo se esses adornos de cabeça se tornassem socialmente aceitáveis para o dia-a-dia. Cada um mais espetacular que o outro. Qual o favorito de vocês?

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

7 CORTES DE CABELO PARA DISFARÇAR TESTA GRANDE
CABELOS BRANCOS :: QUANDO É A HORA?
UMA BREVE ANÁLISE DO VESTIDO DE NOIVA DE MEGHAN MARKLE
ANÁLISE DOS LOOKS DA PREMIERE DE AVENGERS 3

ANÁLISE DOS LOOKS DA PREMIERE DE AVENGERS 3

Consultoria de Imagem
24/04/2018

Rolou nesta madrugada a premiere do terceiro filme dos Vingadores da Marvel, também conhecido como Avengers 3. Acho que nunca antes na história do cinema tantos grandes nomes foram reunidos em um só filme. Nem em Os Mercenários 1, 2 ou 3 se viu tanta estrela junta. Felizmente, tem muita moça bacana nesse filme também, o que nos rendeu uma boa pauta de tapete vermelho.

Já vou logo adiantando que, apesar do casting de sucesso, os looks me deixaram um pouquinho decepcionada. Talvez porque são muitas estrelas juntas, a galera não exagerou demais para não se ofuscar mutuamente. O que não quer dizer que não tem produção legal… Temos muitas! Mas vocês sabem que eu sempre avalio com um pouco mais de rigor técnico. Ainda assim, temos boas inspirações e aprendizados para tirar do evento!

Avengers

Abrindo os trabalhos com a minha favorita da noite, Zoe Saldana. Ficou devendo o marido ali (se vocês não sabem do que eu estou falando, recomendo a leitura deste meu texto antigo, rs). Eu amei essa releitura do smoking em versão macacão. é das coisas mais simples e lindas que eu já vi. Minha única implicância, só porque eu trabalho com isso, está nas cores. Não acho que preto e branco valorizem a fisionomia dela. Senti muita falta de mais maquiagem para compensar no contraste. Minha sugestão seria um batom mais forte e pronto. Poderia até ficar com o cabelo simples. Mas eu entendo que, depois de muito chá de cadeira para se maquiar de verde, ela esteja um pouco saturada de maquiagem, rs.

Avengers

Seguindo com outro favorito de Avengers: Elizabeth Olsen. É a cor dela? Acredito que não. Mas ela sim compensou o contraste com um belo batom! E tem mais: a transparência (lembram deste post?). Algo sobre essa renda é um pouco romântico para meu perfil – o que é de se esperar de um Oscar De La Renta. Ainda assim, eu adorei. E o que eu gostei mais ainda é do sorrisão. Muito melhor que carão, não acham? Me ganhou nisso.

Scarlett Johansson cometeu um crime com este cabelo. Ela ficou com um rosto exacerbadamente triângulo invertido. Não acho que é necessariamente o corte, mas sim o penteado. Apesar disso, temos alguns pontos positivos. A começar pela make. Amei esse esfumado roxo. Acho que ficou um espetáculo com o vestido prata! Coordenou muito bem. Como  vocês sabem, metalizado é bem neutro, por isso vale um colorido na make. Eu gosto muito deste vestido da Erdem. É totalmente fora do óbvio e bem elaborado. Minha maior crise com ele é a modelagem para o corpo dela. ScarJo é bem mignon e eu acredito que um tomara que caia midi achate um pouco a sua silhueta. Eu teria feito no joelho ou com um decote mais alto. 

Gwyneth Paltrow foi bem Gwyneth para a estreia de Avengers… Vestido clean, pernas de fora – e que pernas! Não sei se é a cor dela, gostaria de vê-la numa cor mais fria, mas o contraste tá direitinho. A sandália é perfeição! Quase na cor da pele e bem arrumada. Adorei!

Letitia Wright pode ter incorporado a personagem aqui, rs. Eu achei super moderno, jovem. Não vou dizer que amei, mas apreciei a ousadia e a criatividade do seu Prada. Não diria que a cor é ideal, mas o contraste está em dia. Outra coisa que eu adoro é o contraponto da rigidez do terno com a feminilidade do tule e laçarote. Trocaria a bolsa, rs.

Eu não consigo nem decidir se eu gosto deste modelo da Evangeline Lilly, porque eu estou muito distraída pela cor. Para mim, ela tem que passar bem longe deste dourado amarelado. A apagou completamente. Os olhos tão característicos dela sumiram! Não consigo falar mais nada.

Update: não me aguentei e fiz um toscoshop rápido. Não é perfeito… Até porque tem transparência, rs. Mas olha que melhora!

Danai Gurira talvez tenha sido um case da noite. Não diria que está perfeito. Mas o seu Zuhair Murad vestiu muito bem e a cor funcionou, pelo menos no contraste. Fico em dúvida no batom. Minha única observação, talvez até uma implicância pessoal minha, é que talvez ela tenha muita comissão de frente para este tipo de decote. Os mais profundos eu costumo preferir em moças com menos peito. Órbitas que não fiquem naquele unidos-venceremos (meu sonho um sutiã que mantenha cada um no seu lugar, mas nunca consegui, rs). 

Jennifer Connelly é musa Louis Vuitton e, naturalmente, usou um look da maison. Fiquei decepcionada com a simplicidade, mas a estreia não é dela, mas sim do marido, Paul Bettany. Por isso, faz sentido um look mais comedido. Dito isso, não gostei mesmo assim. Essa cor claramente não é para ela e a modelagem é bem esquisita. Parece até que ficou grande, eu diria. Não sou a maior fã de roupa oversized. Só óculos e bijoux mesmo, rs. 

Brie Larson tem uma cintura menor do que as que a gente costuma ver no nos photoshops da vida. Ainda assim, seu Carolina Herrera conseguiu deixá-la quadrada. Até no rosto! Este decote não funciona bem para quem já tem traços mais retangulares. Além disso, branco não é para ela, sem sombra de dúvida. Amo Brie! Mas o look não fez jus a ela… Ou ao primor da Carolina Herrera.

O que acharam das produções? Algum favorito? Espero que ainda tenhamos muitas estreias mundo afora, para a gente curtir esses eventos mais vezes. Eu não vi o Avengers 2 ainda, então não sei quando vou conseguir assistir ao novo, rs. Mas com um  elenco desses, eu não quero perder. Sem contar que tem Guardiões da Galáxia no meio, que é meu favorito da Marvel. Quem vai assistir?

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

7 CORTES DE CABELO PARA DISFARÇAR TESTA GRANDE
COLOR WHEEL :: COMBINANDO CORES
A COR DE SOMBRA PARA A SUA COR DE OLHO
A COR DO BATOM DA NIINA SECRETS PARA A MAC

3 LOOKS DO CRITICS’ CHOICE AWARDS 2018

Estilo
12/01/2018

Amo janeiro porque tem premiação dia sim, dia não! A poeira do Globo de Ouro nem baixou e já temos outro red carpet! Desta vez não vou fazer um post completão, até para não esgotar o tema precocemente, mas selecionei 3 looks que eu gostaria muito de comentar e apreciar. Eu não assisti à premiação do Critics’ Choice 2018 e não consegui me inteirar ainda da cerimônia ou dos vitoriosos. Então hoje é só look mesmo, rs: 

Angelina Jolie foi num Ralph & Russo (eu construiria um monumento para louvar esta marca) branco e repetiu as plumas do Golden Globe para o Critics’ Choice. Eu fiquei maravilhada com este look. Depois dividida. Depois amei de novo. Meu dilema é que nas fotos ela parecia amarela com a cor. Por fim, percebi que estavam todas amarelas e que era culpa da luz das fotos, rs. Mas encontrei esta imagem que não estava com a luz distorcida e pude gostar de novo. 

Eu não sei se Angelina tem branco na sua cartela, eu diria que é uma possibilidade. Pelo menos em matéria de contraste a coisa toda ficou perfeita. O batom forte foi a escolha perfeita para coordenar com o branco puro (que pode não parecer, mas contrasta bem porque é vivo). A modelagem é impecável e ajuda a dar alguma volúpia para ela que está tão magrinha. A assimetria é um bom trunfo para usar este comprimento quando se é mignon. 

Neste momento talvez vocês se perguntem que tipo de drogas pesadas eu tomei no café da manhã. Mas antes de rejeitar este look Delpozo da Kiernan Shipka (a filha mais pentelha de Don Draper em Mad Men) pense que ela tem apenas 18 anos. O que eu espero de uma adolescente num red carpet? Exatamente isso. Um look lúdico, criativo, colorido e tudo isso sem perder a beleza e a elegância. Nota 10 para ela que não fez a Millie Bobby Brown (amo nossa Eleven mais do que ela ama Mike, mas tem rolado uma adultização meio esquisita) e foi com uma roupa divertida e fashionista ao mesmo tempo. Aliás, uma boa maneira de incorporar a tendência dos tons sorbet. Adorei que casou com cabelo comportado e sapato metalizado – item universal. Gostam deste look também ou estou míope?

Eu não sei porque mas sinto uma serotonina forte quando olho para esta imagem de Jessica Biel em seu Oscar de La Renta. Pode ser porque eu acho ela a mulher mais “pacote completo” em matéria de beleza/corpo da indústria (Deus, pode me mandar assim na próxima vida, ok? Mas com um marido melhor). Pode ser porque eu amo a marca também. Pode ser porque eu fiquei obcecada por The Sinner (vejam!). Mas além dessas coisas, acho que o look todo foi muito bem resolvido. Eu não teria usado preto para ela. Mas a transparência logo abaixo do rosto e as pitadas de rosa e vermelho (par perfeito) deram uma ajustada certeira na cor. E a simetria com o batom é muito satisfatória. Para quem não tem preto na cartela, pode seguir o passo-a-passo! Preferi este do Critics’ Choice ao do Golden Globes. E vocês? 

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

OS MEHORES LOOKS DO MET GALA 2018 SEGUNDO EU MESMA
ANÁLISE DOS LOOKS DA PREMIERE DE AVENGERS 3
ENGANANDO O CONTRASTE COM CARA DELEVINGNE
POST DEFINITIVO SOBRE CONTRASTE & COLORAÇÃO PESSOAL