3 LOOKS DO CRITICS’ CHOICE AWARDS 2018

Estilo
12/01/2018

Amo janeiro porque tem premiação dia sim, dia não! A poeira do Globo de Ouro nem baixou e já temos outro red carpet! Desta vez não vou fazer um post completão, até para não esgotar o tema precocemente, mas selecionei 3 looks que eu gostaria muito de comentar e apreciar. Eu não assisti à premiação do Critics’ Choice 2018 e não consegui me inteirar ainda da cerimônia ou dos vitoriosos. Então hoje é só look mesmo, rs: 

Angelina Jolie foi num Ralph & Russo (eu construiria um monumento para louvar esta marca) branco e repetiu as plumas do Golden Globe para o Critics’ Choice. Eu fiquei maravilhada com este look. Depois dividida. Depois amei de novo. Meu dilema é que nas fotos ela parecia amarela com a cor. Por fim, percebi que estavam todas amarelas e que era culpa da luz das fotos, rs. Mas encontrei esta imagem que não estava com a luz distorcida e pude gostar de novo. 

Eu não sei se Angelina tem branco na sua cartela, eu diria que é uma possibilidade. Pelo menos em matéria de contraste a coisa toda ficou perfeita. O batom forte foi a escolha perfeita para coordenar com o branco puro (que pode não parecer, mas contrasta bem porque é vivo). A modelagem é impecável e ajuda a dar alguma volúpia para ela que está tão magrinha. A assimetria é um bom trunfo para usar este comprimento quando se é mignon. 

Neste momento talvez vocês se perguntem que tipo de drogas pesadas eu tomei no café da manhã. Mas antes de rejeitar este look Delpozo da Kiernan Shipka (a filha mais pentelha de Don Draper em Mad Men) pense que ela tem apenas 18 anos. O que eu espero de uma adolescente num red carpet? Exatamente isso. Um look lúdico, criativo, colorido e tudo isso sem perder a beleza e a elegância. Nota 10 para ela que não fez a Millie Bobby Brown (amo nossa Eleven mais do que ela ama Mike, mas tem rolado uma adultização meio esquisita) e foi com uma roupa divertida e fashionista ao mesmo tempo. Aliás, uma boa maneira de incorporar a tendência dos tons sorbet. Adorei que casou com cabelo comportado e sapato metalizado – item universal. Gostam deste look também ou estou míope?

Eu não sei porque mas sinto uma serotonina forte quando olho para esta imagem de Jessica Biel em seu Oscar de La Renta. Pode ser porque eu acho ela a mulher mais “pacote completo” em matéria de beleza/corpo da indústria (Deus, pode me mandar assim na próxima vida, ok? Mas com um marido melhor). Pode ser porque eu amo a marca também. Pode ser porque eu fiquei obcecada por The Sinner (vejam!). Mas além dessas coisas, acho que o look todo foi muito bem resolvido. Eu não teria usado preto para ela. Mas a transparência logo abaixo do rosto e as pitadas de rosa e vermelho (par perfeito) deram uma ajustada certeira na cor. E a simetria com o batom é muito satisfatória. Para quem não tem preto na cartela, pode seguir o passo-a-passo! Preferi este do Critics’ Choice ao do Golden Globes. E vocês? 

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

ENGANANDO O CONTRASTE COM CARA DELEVINGNE
POST DEFINITIVO SOBRE CONTRASTE & COLORAÇÃO PESSOAL
QUÃO IMPORTANTE É A MAQUIAGEM PARA O SEU CONTRASTE?
AMFAR 2017 :: ANÁLISE DOS LOOKS

AMFAR 2017 :: ANÁLISE DOS LOOKS

Estilo
28/04/2017

Rolou ontem o evento que é possivelmente o mais alinhado de todo o calendário nacional, o Amfar 2017. O jantar de gala beneficente recebe todo ano convidados ilustres para angariar fundos para o combate à Aids. Causa nobre e muito entretenimento para nós aqui fora! Algumas das nossas celebs favoritas estiveram por lá e capricharam nas produções. Como sempre, vou dar meus pitacos, tentando deixar a subjetividade de lado (ou parte dela, ninguém é de ferro) e falar de questões técnicas como cor, modelagem e adequação:

Amfar 2017

Renata Kuerten foi uma das que mais gostei. Azul-marinho é possivelmente a cor mais versátil em matéria de harmonia com o tom de pele. Sem contar que gostei da escolha de acessórios e cabelo. Fernanda Motta fez uma escolha similar nos bordados, mas com uma modelagem relativamente simples. O impacto ficou por conta do batom vinho (lembram o que falei dele?) e do brincão. Neste caso, acho que ambos estavam adequados para a ocasião, mas talvez o da Renata, mais coberto e elaborado, seja mais apropriado para um evento deste porte. Aliás, os dois são Patricia Bonaldi.

Luciana Gimenez é extravagante, sempre soubemos. Por isso, nada mais justo que um vestido exuberante como ela. Eu teria escolhido algo menos revelador para uma gala beneficente, mas não posso dizer que está totalmente ruim. O preto e uma boa cor para ela, por conta do contraste. E essa cintura sobrenatural ficou bem valorizada neste Lethicia Bronstein, rs. Porém não entendo porque dois colares.

Juliana Paes segue fazendo jus à sua classificação como uma das mais belas do país (fui eu mesma que dei o título) e desfilou sua lindeza num longo Le Lis Blanc com transparência que destacou sua silhueta perfeita. E vocês sabem que quando eu digo isso, falo de proporção. Juliana tem bumbum, mas não tem o quadril de um corpo triângulo. Ela é bem equilibrada e ampulheta. Adorei a bolsa esférica. Quando vocês forem a festas, não esqueçam da importância da bolsa. Ela pode salvar ou derrubar uma produção.

 

Sabrina Sato sempre cria muita expectativa e todos esperam que ela vá causar onde vá. Neste caso, não fiquei muito impressionada com este longo Helô Rocha. Achei a modelagem mal resolvida no quadril. Era pra ser volumosa, mas ficou apenas estranha. E com o volume todo concentrado nos braços e quadril, senti uma desproporção esquisita. Katie Holmes foi muito legal ao escolher uma designer nacional para comparecer ao nosso Amfar. Este longo azul é Fabiana Milazzo. É relativamente simples, mas o tecido é super sofisticado e o corte impecável. Sem contar que este azul ficou lindo para ela. Aposto que é da cartela e ela vive usando, rs. 

Mariana Rios me decepcionou em dois pontos: achei a roupa Fendi pouco para o Amfar. Acredito que demandava algo mais formal. O couro, o cropped, o cumprimento… Individualmente, esses itens não são problema mas juntos acabam tirando toda a sofisticação que o evento demanda. O outro ponto é o sapato – e aqui vai uma boa parcela de opinião pessoal – acho que meia pata desta altura tira todo o refinamento da produção. Desculpe quem gosta, mas acho que caberia mais para uma outra ocasião.

Já o look Prada de Isabella Santoni certamente divide opiniões. A minha está do lado de quem gostou muito! Eu amei essa produção. Adoro quem vai em red carpet de calça! E esse tem seda, bordados, plumas… Tudo o que tem direito. Gosto até da maneira como a bolsa preta coordena com o detalhe da roupa. Até fingi que não vi esse cinto perdido! Sem contar que estou feliz que ela voltou a ser loira.

Duas moças que foram para causar comoção! Cris Vianna com seu Badgley Mischka branco de franjas metalizadas. O vestido caiu como uma luva para ela – tarefa difícil para um modelito branco rente ao corpo. Já Bruna Marquezine dispensou o metalizado e foi de metal, literalmente. Um top bem chamativo e moderno até. Casou muito bem com a saia branca em coluna, que alongou a silhueta. O look é Carlos Miele

Mariana Goldfarb, desta vez com um vestido só seu, da nova coleção da Dior. Gosto do look, mas sinto falta de um cabelo mais elaborado. E também prefiro menos colares numa ocasião formal. Fiorella Mattheis foi lúdica de Gucci ao Amfar. Sei que muita gente vai torcer o nariz para este vestido. Mas achei a escolha muito descolada e a cor ficou linda para ela, no contraste… Melhor que a cor do cabelo. Sem contar que vestiu muito bem. Eu até gosto dessa moda debochada da Gucci.

 Amfar 2017

Yasmin Brunet entra na mesma categoria da Luciana Gimenez para mim. Um pouco menos de pele teria ficado melhor para a ocasião. E sigo sem entender o empilhamento de colares em algo tão formal. Mas o vestido John John é bem bonito, muito embora eu ache que preto não é a melhor cor para ela. Fechando com chave de ouro com Marina Ruy Barbosa indefectível de Patricia Bonaldi de veludo verde bordado. Uma visão! Já falei o quanto eu gosto de ruivas de verde? E não vou nem entrar no mérito das esmeraldas obscenas. Eu achei que eram turmalinas, mas o joalheiro disse que eram esmeraldas (minha pedra favorita). #EmprestaMarinão

Desculpem se as fotos do Amfar não estão muito boas ou se faltam o pé, rs. É muito difícil achar boas fotos de celebridades nacionais, em bom tamanho e resolução. O que salva um pouco é o Instagram, mas não é ideal. Espero que dê para ver e assimilar a explicação direitinho…

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

3 LOOKS DO CRITICS’ CHOICE AWARDS 2018
ERROS E ACERTOS DO SAG AWARDS 2017
ANÁLISE DOS MELHORES DO GOLDEN GLOBES
UMA AULA SOBRE PRETO NO CRITIC’S CHOICE AWARDS

ERROS E ACERTOS DO SAG AWARDS 2017

Estilo
30/01/2017

Eu não gosto de falar em erros e acertos, porque acho muito assertivo e não é bem assim que a consultoria de imagem funciona. Mas, em nome da didática e do aprendizado, vamos chamar assim, rs. Rolou agora pouco o SAG Awards 2017, um dos principais eventos da temporada de premiações. E esse tem TV também, além do cinema (amo). Em matéria de coloração pessoal, este foi um evento difícil. Muitas das nossas queridinhas escorregaram nessa parte. Mas tivemos alguns bons exemplos também:

viola davis

Abrindo os trabalhos com a realeza, Viola Davis. A modelagem de seu Vera Wang ficou bem interessante e até criou uma cinturinha. Mas o branco pode ser uma cor cruel. Observe como o vestido ofusca a fisionomia dela. Um tom um pouco menos vibrante cairia melhor. 

claire foy 2 SAG AWARDS

Claire Foy, uma das minhas favoritas do SAG Awards! Adorei a escolha do Valentino de tule. A esperteza está na golinha que faz uma espécie de “escudo” ao redor do rosto. Isso porque o preto não é cor boa para o contraste dela. A transparência também ajuda bastante. Assim o vestido acabou ficando ótimo. Sem contar que a modelagem está linda! Ficou bem longilínea (quem viu The Crown sabe que ela é bem mignon).

kaley cuoco

Kaley Cuoco é uma das que acertou em cheio na coloração. Olha o viço desta face! Escolheu um vestido de tule unicornista (#neologismo) das minhas queridinhas da Marchesa. E esse voluminho na lateral do quadril ainda ajudou a equilibrar sua silhueta de triângulo invertido. Adorei!

amy adams

Amy Adams num Brandon Maxwell. Não acho que foi uma boa escolha. A modelagem não a valorizou e ela deveria passar longe de preto. Imagina se fosse só um pouquinho diferente, num azul-marinho… Já melhoraria esse contraste em 90%. É sutil assim mesmo, rs. 

emma stone SAG AWARDS

Outra que caiu na mesma armadilha é nosso chuchuzinho, Emma Stone, de Alexander McQueen. É uma marca que eu adoro! Mas nada deu certo neste look, infelizmente.

michelle dockery

Uma moça que aproveitou bem sua coloração neste SAG Awards foi Michelle Dockery (ela tem um bom histórico em tapetes vermelhos). Um vestido bem contrastado e discrepante do tom de pele dela, que é alto contraste. Bingo nesse look! E a modelagem é ótima. Elie Saab, acreditam?

1485733310-1485732206-gettyimages-633033076

E amei este Naeem Khan de Yara Shahidi num grau… E as cores funcionam para ela, que é médio contraste. A diferença do da Michelle para este é que as cores são mais suaves. Além disso, o preto reage de outra forma para Yara. Se eu tenho uma crítica, é que este desenho e modelagem do busto dão uma impressão de “peito caído“. Parece que algo está fora do lugar, rs. 

janelle monae

A modelagem deste Chanel deixou Janelle Monäe com 10 centímetros de altura. E o sapato com essa tira grossa em cima consumiu o que sobrou da perna dela. Mas este é bem o estilo dela mesmo, às vezes esse tipo de coisa vale mais. 

 kristen dunst

Adorei Kirsten Dunst e seu Dior. É delicado e moderno ao mesmo tempo, com a ajuda dos acessórios. Achei a cara dela e a modelagem ficou um espetáculo. Gosto até do batom, para dar uma quebrada. O tom não é tão vibrante, então funcionou bem para ela.

Michelle Williams, a mulher porcelana. Eu a acho um biscuit! Não importa o quanto te digam o contrário, acredite em mim: listrado vertical engorda! Mas como ela é magrinha, não tem muito prejuízo na proporção. Estaria quase tudo bem se não fosse essa faixinha preta no pescoço atrapalhando a cor. Por que esta armadilha?

nathalie portman

Natalie Portman, um dos rostos mais lindos do mundo. Talvez por isso ela tenha deixado só o rosto de fora. Eu não desgosto do vestido por completo, apenas queria ver um pedacinho de pele a mais ou um ajuste em algum lugar no seu Dior. Mas está uma grávida bem bonita!

nicole kidman

Sapucaí se curva diante deste Gucci de Nicole Kidman. Nicole é, possivelmente, o menor contraste do mundo. O cabelo é exatamente da cor da pele, rs. Se você embaçar o olho, ela fica até careca. Por isso, um vestido verde bandeira, brilhante, muito brilhante, não é o melhor para ela. Sem contar que está sobrando informação neste modelito. Faltou harmonia. 

taraji p henson

Finalizando com outra favorita, Taraji P. Henson de Reem Acra! O lacinho é estranho, eu sei. Mas pensem no quanto esse tipo de vestido foi esgotado. Acho que esse detalhe fez toda a diferença. Adorei as cores e a modelagem para ela também. Isso sem contar a atitude, que Taraji tem de sobra, né?

O que acharam dos looks do SAG Awards 2017? Algum favorito?

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

OS MELHORES LOOKS DO SAG AWARDS 2018
3 LOOKS DO CRITICS’ CHOICE AWARDS 2018
AMFAR 2017 :: ANÁLISE DOS LOOKS
TOUR DE RENNER!