20/02/2018

Se um tiro é um tiro, Jennifer Lawrence foi um tiro de bazuca no meu coração esta noite em Londres! Rolou há algumas horas a premiere do seu novo filme Red Sparrow na cidade e desta vez acho que a parceria com a Dior se superou. Fui impactada ao ler este post do Fashionismo. Vou interpretar a aparição de hoje como uma tentativa de assassinato, porque eu estou morrendo… De amores! Você já a viu mais bela? Não sei se é possível:

Sim, eu costumo ser bem hiperbólica. E eu te pergunto: essa visão merecia menos que uma hipérbole? Acho que merecia um novo dicionário, porque não existem palavras. Ajuda o fato de eu ser profunda apreciadora de Jennifer Lawrence – e Dior? Sim, mas não determina nada por si só, rs. O vestido é uma obra de arte e vestiu como uma luva. Este Dior é plissado multicolorido e bordado com mini paetês. Tudo feito à mão e com 9 painéis de tecido. Como eu sei disso? Por acaso assisti ao vídeo da produção desta peça há alguns dias no facebook da Dior:

Agora pensa comigo: faz tudo isso a cada vestido. É muito capricho! E como é alta-costura sob-medida, eu espero que ela ainda use muito esse modelito por aí, rs. Digo mais, acho que é bem possível, visto que ela estava numa alegria danada com o dito cujo no tapete vermelho:

Os sorrisos podem ser para o vestido ou para o cabelo. Por que ela não é cacheada todos os dias? Se ontem eu reclamei do boi-lambeu do Bafta, hoje eu bato palmas. Não só pela beleza das peças, mas também pelo aspecto técnico. Eu sei que muita gente ainda tem resistência com branquinhas usando cores suaves. Mas é justamente com estas que elas brilham mais! Jennifer Lawrence tem um contraste mais baixo, certo? Então as cores suaves, próximas da sua pele são ótimas para ela. Não mudaria nada nessa produção! Não tem espaço para melhorar. Ficou perfeita. 

A pergunta que não quer calar: por que não guardou este para o Oscar? Será que ela não vai? Do contrário, é um desperdício. Vai ser difícil achar um que supere este. Em tempo, uma reflexão: há quem diga que essas coisas são bobas e fúteis… Mas da minha parte, fico legitimamente extasiada com um colosso desses. Seria só eu? Ou vocês também gostaram ao ponto de se sentir em outro plano astral? 

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

Eu não sei como se deu este encontro, Marina Ruy Barbosa e Paris Fashion Week. Só sei que foi um encontro muito fortuito. Sempre bom ver brasileiras fazendo bonito na moda, ainda melhor quando é lá fora. E que sucesso tem sido a passagem de Marina pela capital francesa… Por que ela resolveu desfilar seu fashionismo pelos eventos parisienses ainda não sei, só sei que está fabuloso:

marina-ruy-barbosa-paris-_1marina ruy barbosa

Amei esta produção da Gucci, que brinca com contrastes entre o elaborado e o básico. Um casaqueto desses, cheio de cores e texturas pede um contraponto. Por isso adorei a escolha do jeans skinny detonado e da camisa branca. Gostei da pontuação com vermelho nos acessórios também. Acho que poucas de nós terão acesso a esta jaqueta, mas podemos usar a estratégia com outras peças similares. 

marina-ruy-barbosa-paris-_2marina ruy barbosamarina-ruy-barbosa-paris-_3

Nunca vi Marina tão bela. Talvez seja em parte o talento do fotógrafo, Leo Faria, que sempre nos deixa com uma cara de Photoshop, mesmo sem o tratamento (como nessa minha foto de perfil que eu amo e não desapego, rs). Não preciso nem dizer que a produção é Valentino, né? Este comprimento no tornozelo costuma ser bem ingrato. O scarpin de salto nude foi uma solução esperta para esta questão. Eu demorei para notar que não era midi. Gosto que ela foi com um sapato mais sexy, para opor ao romântico da roupa.

marina-ruy-barbosa-paris-_6marina-ruy-barbosa-paris-_7

Mais um Valentino, desta vez de festa, em seu vermelho clássico. Achei perfeita a escolha do coque despojado e da bolsa Rockstud, com tachas, ambos complementando com harmonia o vestido rendado. O caimento é impecável, com a abertura da saia na medida certa… Ela parece até mais alta!

marina-ruy-barbosa-paris-_5marina-ruy-barbosa-paris-_12

Já este look é Dior. A princípio achei que era saia e blusa, mas pelo que ela escreveu é vestido – e Couture! Nada mau. Adorei a parte da camisa e acho que este tom de azul é o ideal para ela (a confirmar com uma análise cromática). Misturar textura e estampa é um recurso muito bacana. Gostei de detalhes como o colar extralongo e a manga desfeita com cadarço pendurado. Acho que traz um pequeno caos necessário, para tanta perfeição. 

marina-ruy-barbosa-paris-_9 marina-ruy-barbosa-paris-_10marina-ruy-barbosa-paris-_4

Que linda nesta última foto Marina Ruy Barbosa! O styling de alguns looks é do Lee Oliveira, incluindo este para o desfile do Elie Saab. Adorei este vestido, inusitado para o estilista, mais ainda cheio de texturas e dimensões. O rabo baixo ficou perfeito para a sensualidade da roupa. 

marina-ruy-barbosa-paris-_15marina-ruy-barbosa-paris-_16

Em uma outra festa, Marina foi de longuete shiny disco ball, Dolce & Gabbana. Usar decote fechado assim num tubinho é uma boa estratégia para alongar a silhueta. Reparem como ela ficou longilínea… O styling deste look é de Juliano e Zuel. Cabelo solto, excelente escolha para o vestido de brilho, numa ocasião mais casual.

marina-ruy-barbosa-paris-_11marina-ruy-barbosa-paris-_14  marina-ruy-barbosa-paris-_13

Tem ainda as produções mais “gente como a gente”, como os que ela usou em fittings (experimentar as roupas da semana de moda) ou até um look aeroporto. Isso não quer dizer que sejam totalmente tangíveis, já que apenas em artefatos de couro ali acumula-se o PIB de Bangladesh. Mas são inspirações mais vida real. Queria comentar que amo ruivas de roxo, acho uma mistura linda, principalmente em mulheres de olho verde! Quem tem cabelo com colorido, nasceu predisposta a vestir colorido, rs. Gostaram dos looks da Marina Ruy Barbosa em Paris?

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

05/07/2016

delineador dior

Bella Hadid <3

Está rolando em Paris agora a semana de moda de Alta Costura. Além de looks dignos de sonho, sempre surgem maquiagens inspiradas para nos tirar do tédio. A expectativa é elevada em torno da Dior, sobretudo desde que “roubou” Peter Philips da Chanel, o homem responsável pela criação de diversos produtos que entraram na nossa wishlist nos últimos anos. No desfile de hoje, a maison não decepcionou e criou diversas esculturas de delineador:

 delineador dior 2 delineador pfw dior delineador  Screen Shot 2016-07-05 at 12.11.29 AM  Screen Shot 2016-07-05 at 12.12.06 AM Screen Shot 2016-07-05 at 12.12.27 AM Screen Shot 2016-07-05 at 12.13.34 AM Screen Shot 2016-07-05 at 12.13.47 AM

Screen Shot 2016-07-05 at 12.11.47 AM

Em preto ou dourado, acho que nenhum formato de delineado se repetiu neste desfile! E o mais impressionante é que nenhum deles era discreto. Todos os desenhos eram bem ambiciosos e ousados. Teve até desenho ocupando a pálpebra toda. Bem impressionante. O tom dourado foi feito com a Dior Fluid Eyeshadow

Screen Shot 2016-07-05 at 12.14.16 AM Screen Shot 2016-07-05 at 12.14.52 AM Screen Shot 2016-07-05 at 12.15.28 AM

Screen Shot 2016-07-05 at 1.20.14 AM Screen Shot 2016-07-05 at 1.20.24 AM

Outra coisa legal que rolou na beleza da Dior foi o cabelo: uma espécie de meio-rabo preso com um tic-tac gigante dourado. Tinha tudo para dar errado, mas achei elegante. Usaria amanhã. Quanto ao delineador, não sou a maior adepta, costumo preferir algo esfumado nos olhos, mas os desenhos mais geométricos me cativaram. Quem sabe numa festa? O bom é que dão uma bela aumentada nos olhos!

Do ponto de vista da consultoria, eu atentaria para a cor e intensidade do traçado, para que a maquiagem complemente as características pessoais de cada rosto. Um delineado preto e intenso cai melhor em quem tem pele clara e cabelo escuro ou em negras. Para quem não tem essas características, vale optar por algo mais discreto, como um traçado mais fino ou um tom de marrom, por exemplo. Mas claro que isso é apenas uma dica. Se você gosta do gordão, se joga! 

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS