Eu não sei como se deu este encontro, Marina Ruy Barbosa e Paris Fashion Week. Só sei que foi um encontro muito fortuito. Sempre bom ver brasileiras fazendo bonito na moda, ainda melhor quando é lá fora. E que sucesso tem sido a passagem de Marina pela capital francesa… Por que ela resolveu desfilar seu fashionismo pelos eventos parisienses ainda não sei, só sei que está fabuloso:

marina-ruy-barbosa-paris-_1marina ruy barbosa

Amei esta produção da Gucci, que brinca com contrastes entre o elaborado e o básico. Um casaqueto desses, cheio de cores e texturas pede um contraponto. Por isso adorei a escolha do jeans skinny detonado e da camisa branca. Gostei da pontuação com vermelho nos acessórios também. Acho que poucas de nós terão acesso a esta jaqueta, mas podemos usar a estratégia com outras peças similares. 

marina-ruy-barbosa-paris-_2marina ruy barbosamarina-ruy-barbosa-paris-_3

Nunca vi Marina tão bela. Talvez seja em parte o talento do fotógrafo, Leo Faria, que sempre nos deixa com uma cara de Photoshop, mesmo sem o tratamento (como nessa minha foto de perfil que eu amo e não desapego, rs). Não preciso nem dizer que a produção é Valentino, né? Este comprimento no tornozelo costuma ser bem ingrato. O scarpin de salto nude foi uma solução esperta para esta questão. Eu demorei para notar que não era midi. Gosto que ela foi com um sapato mais sexy, para opor ao romântico da roupa.

marina-ruy-barbosa-paris-_6marina-ruy-barbosa-paris-_7

Mais um Valentino, desta vez de festa, em seu vermelho clássico. Achei perfeita a escolha do coque despojado e da bolsa Rockstud, com tachas, ambos complementando com harmonia o vestido rendado. O caimento é impecável, com a abertura da saia na medida certa… Ela parece até mais alta!

marina-ruy-barbosa-paris-_5marina-ruy-barbosa-paris-_12

Já este look é Dior. A princípio achei que era saia e blusa, mas pelo que ela escreveu é vestido – e Couture! Nada mau. Adorei a parte da camisa e acho que este tom de azul é o ideal para ela (a confirmar com uma análise cromática). Misturar textura e estampa é um recurso muito bacana. Gostei de detalhes como o colar extralongo e a manga desfeita com cadarço pendurado. Acho que traz um pequeno caos necessário, para tanta perfeição. 

marina-ruy-barbosa-paris-_9 marina-ruy-barbosa-paris-_10marina-ruy-barbosa-paris-_4

Que linda nesta última foto Marina Ruy Barbosa! O styling de alguns looks é do Lee Oliveira, incluindo este para o desfile do Elie Saab. Adorei este vestido, inusitado para o estilista, mais ainda cheio de texturas e dimensões. O rabo baixo ficou perfeito para a sensualidade da roupa. 

marina-ruy-barbosa-paris-_15marina-ruy-barbosa-paris-_16

Em uma outra festa, Marina foi de longuete shiny disco ball, Dolce & Gabbana. Usar decote fechado assim num tubinho é uma boa estratégia para alongar a silhueta. Reparem como ela ficou longilínea… O styling deste look é de Juliano e Zuel. Cabelo solto, excelente escolha para o vestido de brilho, numa ocasião mais casual.

marina-ruy-barbosa-paris-_11marina-ruy-barbosa-paris-_14  marina-ruy-barbosa-paris-_13

Tem ainda as produções mais “gente como a gente”, como os que ela usou em fittings (experimentar as roupas da semana de moda) ou até um look aeroporto. Isso não quer dizer que sejam totalmente tangíveis, já que apenas em artefatos de couro ali acumula-se o PIB de Bangladesh. Mas são inspirações mais vida real. Queria comentar que amo ruivas de roxo, acho uma mistura linda, principalmente em mulheres de olho verde! Quem tem cabelo com colorido, nasceu predisposta a vestir colorido, rs. Gostaram dos looks da Marina Ruy Barbosa em Paris?

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS

Continua rolando em Paris a semana de moda de Alta Costura, sempre um espetáculo para os olhos e uma tragédia para nossa conta bancária (e órgãos vitais). Mesmo sabendo que pouquíssimas mulheres podem de fato ter qualquer peça dessas passarelas, acho que quase todas já sonharam com um modelito do Elie Saab. Esse moço é a melhor coisa que o Líbano já produziu desde o quibe da minha avó… Pensando nisso, fui dar uma olhada no desfile de hoje e selecionar alguns vestidos de acordo com os diferentes tipos físicos. A idéia não é restringir, apenas treinar o olhar. Vai que ele deixa a gente escolher um? 

 Tipo físico: Triângulo

elie saab tipo fisico triangulo elie saab tipo fisico triangulo 3 elie saab tipo fisico triangulo 2

Esse é o corpo que tem o quadril mais largo que os ombros, lembram? Por isso é sempre bom optar por modelos que tenham volume, amplitude ou detalhes nos ombros e que caiam com mais suavidade e discrição nos quadris. O decote de ombro a ombro do primeiro vestido é excelente para quem tem esse tipo físico, assim como os dois modelos seguintes, um com bordado robusto no alto e outro com ombreiras. Em todos eles o tecido recai sobre o quadril sem apertar e sem volume. Por isso, os três são perfeitos para as mulheres tipicamente brasileiras, rs. 

Tipo físico: Triângulo invertido

elie saab tipo fisico triangulo invertido elie saab tipo fisico triangulo invertido 2

Esse tipo de corpo é aquele que tem ombros largos e quadris estreitos, como Fernanda Lima, por exemplo. Para quem tem essa configuração, os decotes estreitos são os melhores. Também vale incluir um volume na saia, para dar a impressão de que o quadril é maior. Por isso os dois vestidos acima são ótimos para alguém assim. Ambos combinam os dois fatores. No caso do primeiro, ele ainda tem a cor escura em cima e a clara embaixo, o que também é um bom recurso para esse corpo. 

Tipo físico: Retângulo

elie saab tipo fisico retangulo

KIM_0174

 

Esse é o tipo físico que não tem a cintura marcada. Por isso roupas acinturadas são ótimas para esse tipo de corpo. O cinto é um recurso bacana, mas que esconde algumas armadilhas (vai ganhar post). Neste caso eles são da cor da roupa, o que ajuda a camuflar sua presença. Então ele faz a cinturinha, sem chamar atenção para ela. O truque favorito da Beyoncé (que nem precisava) está aí: colocar volume/detalhes para ampliar ombros e quadris, fazendo a cintura aparentar menor. Funciona e sem desequilibrar proporções. 

Tipo físico: Oval

elie saab tipo fisico oval elie saab tipo fisico oval 2

 KIM_0666 

Esse é o corpo que tem a cintura mais larga que ombros e quadris, bem presente em quem está mais acima do peso (mas não exclusividade, rs). A problemática aqui é a mesma do corpo retangular e os mesmos truques funcionam. Só que naqueles modelos, o decote ia até a barriga. Nesse caso, escolhi opções que não são tão reveladoras, rs. Novamente, o cinto invisível ajuda. Um outro ponto bacana é a monocromia. Usar a mesma cor de cima a baixo alonga… Que por consequência afina. O drapeado também é excelente para suavizar pneuzinhos e criar a ilusão de medida menor. 

Tipo físico: Ampulheta

elie saab tipo fisico ampulheta

KIM_0833

Quem tem corpo ampulheta não precisa equilibrar nada, apenas aproveitar para ressaltar suas características positivas. Pode usar cinto contrastando com o tecido à vontade, porque destaca a cintura, que é um ponto positivo deste tipo físico (mesmo se você não é magrinha). Olha o caimento deste modelo colorido! Tudo em equilíbrio. 

Pronto! Agora você já está preparada para escolher seu vestido do desfile com mais propriedade. Vai que o Elie empresta? Vou até checar os antepassados para ver se somos primos distantes… Família é família, né? E que fofas as meninas com roupa igual. Um amor! Para saber seu qual o seu corpo, é só dar uma olhada no post do tipo físico.

Beijos,

gabi

POSTS RELACIONADOS